22 de julho de 2016

Patricia Chélida será madrinha de bateria do Império Serrano em 2017

Nenhum comentário :
Quem é rainha nunca perde a majestade! Patricia Chélida virá estreia como madrinha de bateria do Império Serrano sob o carinho da nação imperiana e anuncia novo trabalho internacional
 
A sambista e empresária do mundo do samba, Patricia Chelida, está com os trabalhos em pleno vapor para o próximo carnaval. Após encantar a Sapucaí este ano, ao defender como rainha de bateria o pavilhão da tradicional agremiação de Madureira, a Império Serrano, ela que também musa da Unidos da Tijuca, em 2017 virá a frente da Sinfônica do Samba na função de madrinha de bateria. O comunicado da mudança foi feito no último sábado, 16, durante a feijoada da Império.
Foto: Cristiane Moraes

 
O sucesso de Patricia é absoluto junto aos imperianos. Ao chegar no evento, foi difícil a locomoção de um ponto a outro da quadra, sem que precisasse parar para cumprimentar e fotografar com o público que era só carinhos com a madrinha. uma prova do sucesso do seu reinado deste ano, foram os prêmios de melhor rainha de bateria recebidos, sendo o último recebido esta semana, no dia 14, o Troféu Gato de Prata.

- Isso que se vê na quadra é resultado de um trabalho feito com amor, com dignidade, com sinceridade. Eu sou sambista desde que me entendo por gente, minha vida e carreira no samba não é de hoje, tem estrada. E as pessoas se identificam comigo, porque sou "povo do samba". Amo o que faço e a minha escola!
 
A caminho Europa em agosto
 
Quem vive do samba, não para nunca! Ainda mais, quem tem no currículo a Corte do Carnaval carioca, Patricia já foi princesa e rainha do carnaval no Rio. A repercussão disto é uma carreira internacional onde atua na produção e assessoria de shows e desfiles de carnaval na Europa.
 
Em agosto próximo, Chélida passará um mês na Alemanha fazendo apresentações como primeira musa da Tijuca e assessorando os festivais carnaval do verão europeu. E claro, irá atender aos pedidos de artigos para confecção de fantasias e sapatos comercializados em sua loja e produzidos em seu ateliê. É pouco ou quer mais?! Ela afirma que ainda aproveitará a ocasião para relaxar e visitar amigos, feitos nos muitos anos de trabalho no exterior.
 
- Poder levar a cultura do meu país, mostrar o lado divertido e bonito que temos, em tempos onde as notícias negativas sobre a violência, principalmente no Rio, circulam o mundo, me faz sentir mais cidadã. Nosso povo e país é maior do que essas atrocidades. Temos que nos esforçarmos fazendo o bem e espalhando boas atitudes sempre!  - declara a sambista e empresária.

Foto: Cristiane Moraes

Nenhum comentário :

Postar um comentário