16 de julho de 2016

Peruche participa da festa da torcida Furacão Azul e Rosa neste sábado

Nenhum comentário :
A escola de samba Unidos do Peruche vai encerrar a festa de 12 anos da Torcida Furacão Azul e Rosa, que acontecerá neste sábado, a partir das 22h, na quadra social da Rosas de Ouro. Além da Filial do Samba, a diretoria da torcida também convidou as co-irmãs: Acadêmicos do Tucuruvi e Unidos de Vila Maria. “É uma festa para que todos se sintam em casa. Queremos rever nossos amigos”, diz Fernando César Martins Duque, o presidente da torcida. 
Foto: Léo Franco

A partir das 23h30, a bateria com Identidade do mestre Rafael Oliveira começa o esquenta de meia hora até que o time de canto da Roseira, liderado por Royce do Carvaco, suba ao palco e inicie a abertura do terreiro com a roda de pavilhões, o axé das baianas e o requebrado inconfundível dos passistas do projeto Renovação. Antes disso, Polenghe do Cavaco fará uma participação especial apresentando seu trabalho inédito “Na Magia de Sampa”.

Há mais ou menos cinco anos, a co-irmã e vizinha, Unidos do Peruche, não participa de evento na Rosas de Ouro e, por isso, está preparando uma apresentação calorosa para a diretoria e componentes da Roseira e o público presente. “Ficamos imensamente felizes com o convite e vamos abrilhantar a festa promovida pelos nossos amigos”, conta Ednaldo Santos, diretor de carnaval da Peruche. Além da comunidade perucheana, a ala Samba-Cênico, que por sete anos compôs os desfiles da Rosas, também estará presente.

Torcida Furacão Azul e Rosa


Em 2002, os simpatizantes e componentes da agremiação sentiram falta da energia da arquibancada e um dos componentes e, o então assessor de imprensa da Rosas de Ouro, Fernando Innecchi (conhecido como Fernando Nova Iorque) tiveram a ideia de montar uma torcida organizada de escola de samba. A partir daí, um grupo com dez pessoas liderado por Vinícius Paltrinieri e Fernando Nova Iorque começou implantar e agregar simpatizantes e torcedores. A estreia foi em 2004 e o grupo impactou o Anhembi com uma faixa de cinco metros na arquibancada feita no próprio barracão da escola. A partir disso, a torcida cresceu e ganhou componentes e força dentro da agremiação. 
Foto: Léo Franco

O presidente Fernando César Martins Duque, conhecido como Miguelito, conta que um dos momentos marcantes foi em 2010, na apuração, quando a torcida Furacão chegou no Anhembi em quatro ônibus lotados e que todos entraram cantando o samba da escola. Mal sabiam eles, que o melhor ainda estava por vir, quando a Roseira conquistou o sétimo título, com o enredo “Cacau é Show”.

A torcida não está presente apenas nas arquibancadas nos desfiles e nos ensaios técnicos. Está também nos eventos na quadra social e, ao final de todo cortejo das Campeãs, desde 2008, cerca de 100 pessoas uniformizadas vão atrás da escola com bandeiras e faixas.


Programação da festa:

21h - Abertura dos portões
21h às 22:30 - DJ Black Music
22h30 às 23h30 - Lançamento do CD “Na Magia de Sampa” de Polenghe do Cavaco
23h30 às 1h - Abertura da festa com o intérprete oficial Royce do Cavaco e ala musical e Bateria com Identidade da Rosas de Ouro
1h às 2h - Apresentação Acadêmicos do Tucuruvi
2h às 3h – Apresentação Unidos de Vila Maria
3h às 4h - Apresentação Unidos do Peruche


Serviço:

Evento: Festa Torcida Furacão Azul e Rosa

Data: 16.07.16

Horário: 22h

Local: Rua Coronel Euclides Machado, 1066 – Freguesia do Ó

Informações: 3931-4555

Nenhum comentário :

Postar um comentário