15 de julho de 2016

Segmentos da Peruche encontram Carlinhos Brown

Nenhum comentário :
O carnavalesco Murilo Lobo, o coreógrafo e diretor cênico Régis Santos, o mestre da bateria Call e a rainha de bateria Stephanye Cristinne aproveitaram a turnê do show “Antônio Carlos Brown – Um popular brasileiro”, no teatro Santander, em São Paulo, para encontrar com o cantor. Na ocasião, o carnavalesco Murilo Lobo pode explicar a homenagem que a Unidos do Peruche fará à capital mais charmosa do país, Salvador, no desfile de 2017.
Foto: CAIO GALLUCCI


Na noite da última quarta-feira (13/07), os artistas da escola de samba Unidos do Peruche foram prestigiar o novo show de um dos ícones da cultura pop nacional, o baiano Carlinhos Brown, que também foi uma grande fonte inspiradora para o desenvolvimento do projeto 2017 dos carnavalescos Murilo Lobo e Sérgio Caputo Gall no enredo “A Peruche no maior axé exalta Salvador, cidade da Bahia caldeirão de raças, cultura, fé e alegria”.

Carlinhos Brown, um dos artistas mais atuantes no cenário nacional e mundial, voltou à São Paulo após 12 anos e reuniu em seu novo show músicas do primeiro álbum “Alfagamabetizado”, do premiado “Tribalistas” e sucessos de 20 anos como “A Namorada”, além de novas canções como “Dois Grudados”, com parceria de Arnaldo Antunes, do seu recém-lançado “ArtefireaccuaIncinerando o Inferno”. A direção musical é de Paulo Borges. O espetáculo surpreendeu o público presente com intervenções multimídia. Projeções de luz em uma grande tela que interagiam com Brown e seus músicos.

Ao final do show os artistas da agremiação foram recebidos no camarim do cantor e lá conversaram sobre o enredo, bateria e o carnavalesco Murilo explicou como a Peruche vai exaltar Salvador. Murilo presenteou o cantor com uma camiseta da agremiação e o mestre Call com uma da bateria. “Foi uma emoção estar ao lado desse grande artista”, disse Call.

Imediatamente Brown, com seu jeito irreverente e criativo, vestiu as duas camisetas ao mesmo tempo, uma em cada braço, e fez fotos com a equipe perucheana. “Ele foi muito caloroso e simpático. Nos abençoou com palavras em iorubá, língua dos orixás”, conta Régis Santos, coreógrafo. A cantora Fafá de Belém, que também foi prestigiar o amigo, conversou com os artistas da agremiação e brincou com o mestre de bateria.

Na despedida, Brown disse que já estava “se sentindo em casa” ao lado de Murilo, Régis, Call e Sthefany Cristinne. Ainda não foi possível saber se ele virá ou não no desfile da agremiação por conta da agenda de shows, mas prometeu uma aparição em um ensaio da Filial do Samba, na quadra social, antes do Carnaval. 

Foto: CAIO GALLUCCI

Nenhum comentário :

Postar um comentário