10 de agosto de 2016

PROSA DO FOLIA: Jéssica Ferreira, porta bandeira da Unidos de Padre Miguel

Nenhum comentário :
Hoje é dia de conhecer um pouco mais sobre Jéssica Ferreira, porta bandeira da Unidos de Padre Miguel.


Para começarmos fale um pouquinho sobre você
- Sou uma pessoa muito família, de bem com a vida, divertida, religiosa, carinhosa e muito realizada profissionalmente.

Como começou sua trajetória no mundo do samba ?
- Minha mãe é costureira e bordadeira, fazia bandeira para Unidos do Anil e quando o carnavalesco Ramiro foi buscar a bandeira em minha casa, na época eu tinha 7 anos e estava dançando na sala de casa em frente a televisão, foi quando ele me viu e me perguntou se eu queria ser porta bandeira e eu respondi que sim, foi assim que comecei a dançar.

Como veio o convite para a Unidos de Padre Miguel ?
- Foi através do diretor de carnaval Alcides kenga (diretor geral de harmonia). eles queriam uma porta bandeira para dançar com o Vinicius que iria estrear como primeiro mestre sala e me fizeram a proposta e eu aceitei.

Qual seu carnaval e seu samba mais marcante ?
- Meu carnaval mais marcante foi quando desfilei em 2012 na Renascer de Jacarepaguá no grupo especial e o samba mais marcante foi o de 2014 da Unidos de Padre Miguel.


Qual sonho ainda pretende realizar no mundo do samba ?
- Meu sonho é ter a oportunidade de conhecer outros lugares levando a minha dança, como tive a oportunidade de ir no carnaval de San Luis na Argentina e outros lugares aqui no Brasil.

O quesito mestre sala e porta bandeira é um dos mais importantes e defendido apenas por duas pessoas, como é ter essa "pressão" e responsabilidade de levar o pavilhão da escola ?
- É uma honra poder conduzir o pavilhão, o símbolo maior de uma agremiação e representar toda uma comunidade, é um prazer.

 Como é sua relação com seu mestre sala ?
- Muito boa, somos como irmãos e parceiros
Foto: Magaiver Fernandes

 Como é a sua preparação para o carnaval ?
- Eu malho, faço pilates e ensaio bastante.

Já aconteceu algum imprevisto na hora do desfile ?
- No ano de 2008 quando eu era segunda porta bandeira da Renascer, minha fantasia era vazada e quebrou na metade do desfile e me machucava conforme eu dançava.

 Você tem alguma inspiração no samba ?
- Eu admiro muito a porta bandeira Selminha Sorriso como pessoa e como profissional.

O que o carnaval mudou em sua vida ?
- Eu era uma pessoa muito tímida e o samba me ajudou a perder essa timidez.

Deixe seu recado para o mundo do samba
- Eu gostaria de agradecer a todos que me ajudaram e acreditaram no meu trabalho e todos que me admiram e torcem por mim.

Foto: Felipe Araujo


Nenhum comentário :

Postar um comentário