8 de outubro de 2016

Em noite de definições, Vila Isabel escolhe samba-enredo para 2017

Nenhum comentário :
Já com os primeiros raios de sol deste sábado no bairro de Noel, a Unidos de Vila Isabel escolheu o samba-enredo que será a trilha sonora do seu desfile em 2017. A composição assinada por Artur das Ferragens, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Braguinha e Rafael Zimmerman foi a vencedora na final que teve outros quatro sambas finalistas. Dos compositores campeões, apenas Artur já havia vencido na agremiação, agora é pentacampeão.
Foto: Eduardo Hollanda

Foram ao todo 14 votos para a definição da obra campeã. A grande vencedora recebeu oito votos: Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Ala de Compositores, Velha Guarda, Conselho Deliberativo, Direção de Carnaval, Intérprete, Diretor Administrativo e o Presidente. Já o samba composto por Evandro Bocão, André Diniz, Tunico da Vila, Professor Wladimir e Wanderson Pinguim recebeu seis votos: Ala de Baianas, Carnavalesco, Diretor Jurídico, Bateria, Ala de Passistas e Direção de Harmonia

Os compositores finalistas se solidarizaram com a dívida que gerou todo o imbróglio jurídico com o fornecedor na última semana, e se disponibilizaram a doar 33% dos direitos autorais sob o samba campeão para o pagamento da dívida. A diretoria da escola ficou muito lisonjeada e agradecida com a atitude.

Além do samba que cantará o enredo ‘’O Som da Cor’’, a azul e branca definiu também a sua segunda porta-bandeira. Bárbara Martins venceu as outras sete finalistas e dançará ao lado do mestre-sala Jackson com o segundo pavilhão da escola. Em 2017, a Unidos de Vila Isabel terá o seu desfile desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza e será a quarta agremiação a desfilar no domingo de folia.

Confira a letra do samba campeão:

Compositores: Artur das Ferragens, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Braguinha e Rafael Zimmerman



A MINHA VILA CHEGOU
OUÇA ESSA VOZ
A PELE ARREPIA AO SOM DA BATIDA...
FORÇA DOS MEUS ANCESTRAIS
HERANÇA QUE FEZ RESSOAR O RUFAR DO TAMBOR
PRA GENTE DANÇAR ASSIM, FELIZ
MARACAS ENCONTRAM TAMBORINS
O REGGAE CELEBRA MENSAGENS DE PAZ
OH MINHA FLOR, QUERO VOCÊ EM MEUS BRAÇOS
BAILANDO NO MESMO COMPASSO
UM TANGO DE DRAMA E AMOR

VILA,
"AZUL" QUE DÁ O TOM À MINHA VIDA
UM "SOPRO" DE ESPERANÇA NA AVENIDA
EU FAÇO UM PEDIDO EM ORAÇÃO
OUVI-LA PRA SEMPRE NO MEU CORAÇÃO

UM SOLO DE GUITARRA A EMBALAR
“SOUL” A MAIS PERFEITA FORMA DE EXPRESSAR
EU VOU, EU VOU... ONDE FEZ RAIZ A TRADIÇÃO NAGÔ
EU VOU, EU VOU, FOI
O POVO DO SAMBA QUEM ME CHAMOU
GINGA NO LUNDU, (MORENA)
NEGRO É O REI (É O REI)
TOQUE DE IJEXÁ, (AFOXÉ)
PRA “PURIFICAR” (MINHA FÉ)
GIRA BAIANA, DEIXA A LÁGRIMA ROLAR
QUANDO NO TERREIRO NOVAMENTE ECOAR

ÔÔ, KIZOMBA É A VILA
FIRMA O BATUQUE NO SOM DA COR
VALEU ZUMBI, A LUA NO CÉU
É A MESMA DE LUANDA E DA VILA ISABEL

Nenhum comentário :

Postar um comentário