12 de janeiro de 2017

Museu do Samba recebe certificado do Iphan

Nenhum comentário :
O Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), órgão do Ministério da Cultura, reconheceu o Museu do Samba como centro de referência das matrizes do samba do Rio de Janeiro. Em evento que acontece nesta sexta-feira, 13 de janeiro, às 10h, no Museu do Samba (Rua Visconde de Niterói, 1296, em Mangueira), a instituição recebe a certificação do Iphan, que homenageará ainda alguns sambistas cariocas e a Associação da Velha Guarda das Escolas de Samba do RJ. A cerimônia marca também a abertura das comemorações de 80 anos do Iphan.

O evento contará com a presença da presidente do Iphan, Kátia Bogéa, da secretária municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, do diretor do departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, Hermano Guanais e da superintendente do Iphan no Rio de Janeiro, Monica da Costa. Entre os sambistas a serem homenageados estão Tiãozinho da Mocidade – atual diretor do Museu do Samba -, Nelson Sargento, Martinho da Vila, Tantinho da Mangueira, Zeca da Cuíca, Manoel Dionísio, Mestre Odilon e Careca do Império, além de outros nomes que contribuem para a preservação da memória e difusão das matrizes do samba do Rio (partido alto, samba de terreiro e samba-enredo).
Museu do samba / Foto: João Laet


Fundadora do Museu do Samba e atual secretária de Cultura do Município do Rio de Janeiro, Nilcemar Nogueira também será homenageada pelo Iphan. Neta de Cartola e Dona Zica, Nilcemar coordenou a pesquisa de construção do dossiê que levou ao reconhecimento das matrizes do samba do Rio como Patrimônio Cultural do Brasil. A titulação do gênero foi concedida pelo Iphan no ano de 2007.
Localizado aos pés do Morro de Mangueira, na Zona Norte do Rio, o Museu do Samba surgiu a partir do Centro Cultural Cartola, fundado em 2001. Inicialmente debruçado sobre a memória de Cartola e sua obra antológica, o Centro Cultural Cartola foi se tornando referência em pesquisa, preservação de memória, guarda e mostra de acervos, e atividades de música e cultura para sambistas, instituições ligadas ao samba e ao carnaval. Desde agosto de 2015 o espaço passou a chamar-se Museu do Samba.

SERVIÇO
Museu do Samba
Cerimônia de Certificação do Iphan
Data: 13 de janeiro de 2017 (sexta-feira)
Endereço: Rua Visconde de Niterói, 1296 – Mangueira
Horário: 10h
Tel: (21) 3234-5777

Nenhum comentário :

Postar um comentário