4 de fevereiro de 2017

FOLIA NOS BARRACÕES: X9 Paulistana contará a história do semideus Inos Corradin

Nenhum comentário :
E continuando a série dos barracões, hoje é dia de saber o que o carnavalesco Lucas Pinto irá levar para a avenida com a X9 Paulistana. A agremiação fará uma homenagem ao artista Inos Corradin.
Foto: Alex Sandro Gardel

Trazer uma homenagem no carnaval sempre é um grande desafio. Fazer o homenageado relembrar coisas da vida contada na avenida é uma responsabilidade muito grande. Mas isso parece que não foi um problema para o carnavalesco Lucas Pinto. "Eu não gosto de homenagem histórica, gosto de inserir a pessoa dentro do enredo e dentro dele acaba sendo a homenagem.


O ENREDO
A relação do carnavalesco com as artes plásticas despertou a curiosidade de conhecer o artista. Mesmo antes de ser presidente, Michel Temer adquiriu uma obra, o São Francisco, do artista Inos Corradin, o tornando um dos artistas mais conhecido no ramo. Ao conhecer e fazer o convite, Inos ficou satisfeito por que a X9 Paulistana tem a mesma cor da bandeira da Itália, país de seu nascimento.  "O Inos é um artista incrível, aos 87 anos ele produz diariamente  40 a 48 obras por mês, é realizado pois disse que nunca deixou nenhum cliente na mão, entregando a encomenda sempre no prazo. No ensaio técnico consegui um carro aberto , ele mandou eu não encher o saco que ele queria ir andando rs ", revelou o carnavalesco.
Foto: Alex Sandro Gardel

O DESFILE
O desfile conta com um alinhamento da história, cada alegoria tem um a passagem. Ele começa em Veneza, passa pelo dom dos deuses, as guerras, o amor e paixão e finaliza com o homenageado sendo recebido pela corte. O carnavalesco destaca sendo um dos pontos fortes do desfile a releitura dos quadros de Inos nas fantasias.


O carnavalesco viu no nome de Inos Corradin uma relação com os deuses e resolveu colocar o homenageado como um semideus com a função de vir a terra trazer uma mensagens com suas obras. Inos é transformado nesse semideus e retirado de uma rosa no Olimpo, abençoado por outros deuses e vem a terra. Porém ele rompe um pacto com Zeus pois se apaixona e decide ser imortal, um verdadeiro artista.


A Itália, totalmente tomada pela 2º Guerra mundial é possuída por Mussolini. Aos 16 anos, Inos é contra isso e cria planos de ataque. Atravessa o campo de guerra com seus planos dentro do guidão da bicicleta passando pelas tropas inimigas até as tropas aliadas ajudando o Brasil vencer a guerra contra a Itália.
Foto: Alex Sandro Gardel

O carnavalesco revelou que teve uma certa dificuldade em passar as obras do homenageado para fantasias mas não mostrou nada para ele. Inos só conferiu o que a escolas tinha preparado no dia dos protótipos. "Sentei ele no camarote e quando ele começou a ver o desfile das fantasias, suas obras ali, se levantou e começou aplaudir. Ali eu vi que ele apoiava tudo que eu tinha feito", revelou Lucas.


CRISE
Em um ano de reaproveitamento, crise etc... Lucas revelou que teve uma grande carta na manga. A escolas sempre fez carnavais sempre com grandes gastos e com isso tinha muitas sobras de materiais. Outros pontos também contam com a criatividade do carnavalesco." Numa crise você não pode pagar um coreógrafo para uma ala de passo marcado, eu sento e eu mesmo preparo alguma coisa, depois peço para a coreógrafa da comissão de frente dar uma olhadinha e uma ajustada rs ", disse Lucas Pinto.


Em 2017 a X9 Paulistana presidida por Edson André e Branco, traz o enredo "Vim, Vi e venci! A Saga Artística de um Semideus" do carnavalesco Lucas Pinto, sendo a 5ª escola a desfilar no domingo de carnaval pelo grupo de acesso no carnaval paulistano.

Fotos: Alex Sandro Gardel 





Nenhum comentário :

Postar um comentário