24 de abril de 2017

Unidos de Bangu iniciará aulas de percussão e samba terça, dia 25

Nenhum comentário :
Após conquistar o título da Série B com 269,1 pontos e retornar à Marques de Sapucaí no Carnaval de 2018, a Unidos de Bangu iniciará nesta terça-feira, dia 25 de abril, o projeto de aulas de percussão sob a responsabilidade de mestre Zumbi, comandante da bateria Caldeirão da Zona Oeste, e de samba com o diretor da ala de passistas, Kaiio Mackenzie. Os interessados poderão se inscrever no projeto na primeira aula que será realizada no Cassino Bangu, a partir das 20 horas.

O diretor da ala de passistas, Kaiio, iniciou no samba por influência das tias que são baianas, Maria Cristina e Márcia Jurema, que, segundo ele, levaram-o com apenas cinco anos para desfilar na São Clemente, escola aonde ser formou como passista.


"Fiquei na escola por 13 anos e, depois, passei pela União da Ilha, Paraíso do Tuiuti e Caprichosos de Pilares. Sou atualmente passista da Unidos de Vila Isabel. Nossa ala conquistou o Estandarte de Ouro em 2016. Também fui coordenador três anos na Acadêmicos do Engenho da Rainha, onde conquistei os prêmios Samba na Veia e Ziriguidum como a melhor ala de passistas. Participei das Olimpíadas na cerimônia de encerramento. No ano passado fui um dos monitores de um projeto de samba em Vitória, patrocinado pela Unidos de Jucutuquara. Também fui coordenador da ala de passistas de uma escola em Campos dos Goytacazes, a União da Esperança, e, no ano passado, passista da Unidos de Padre Miguel. Tenho como meus professores Valci Pelé e George Louzada", destacou.

Ele acrescentou que moças e rapazes que gostam de samba poderão participar do projeto de samba da Unidos de Bangu, cuja as aulas acontecerão juntamente com as turmas de percussão, todas as terças a partir das 20 horas. "O projeto contará com passistas da escola e da comunidade, além das novas alunas. As aulas começarão nesta terça, dia 25, e conto com a presença de todos", ressaltou Kaiio.

Mestre Zumbi, comandante da bateria Caldeirão da Zona Oeste e responsável pelos 40 pontos obtidos no desfile deste ano, teve seu contrato renovado pela direção da Vermelho e Branco logo após a conquista do título. Ele ficou feliz por ter seu trabalho reconhecido e promete uma bateria aguerrida na Série A, para conquistar novamente as notas máximas.

"Os interessados poderão iniciar na escolinha a partir dos 15 anos. Estaremos focando em ensinar os novos ritmistas. Quem tiver interesse terá apenas que frequentar as aulas todas as terças, a partir do dia 25, no Cassino Bangu", disse o mestre.

Nenhum comentário :

Postar um comentário