22 de maio de 2017

Abolição divulga sinopse do enredo do carnaval 2018

Nenhum comentário :
O Acadêmicos da Abolição divulgou a sinopse do seu enredo durante um evento em sua quadra.



SINOPSE

Nossa bela Terra, fonte de recursos naturais, vamos preservar

O GRES Acadêmicos da Abolição, no Carnaval 2018, convida a todos para fazer uma reflexão sobre o nosso planeta e sobre os impactos que estamos provocando, pela falta de preservação à nossa amada e sagrada Terra.

Tão natural seria se soubéssemos conviver com a natureza e contemplar as belezas da nossa Terra, afinal temos tantos fatores abióticos e bióticos para admirar, como: as rochas, os solos, os oceanos, a flora e a fauna. E quão bom seria se não tivéssemos que lamentar por tantos animais em risco de extinção, ansiando por preservação.

Tão bom seria se preservássemos as nossas matas, deixando a ganância e o rastro de destruição esquecidos, enaltecendo a nossa diversidade vegetal, resolvendo esse problema ambiental.

Preservar é dever previsto na legislação, obedecer é fundamental.

Oh, água, fonte da nossa vida, não importa quem somos, onde vivemos e o que temos, mas todos nós precisamos de ti para sobreviver!

Além disso, vamos lembrar que se os nossos corações pulsam e exalam tão fortemente o amor pelo samba, é graças aos ecossistemas onde são gerados o oxigênio, e é através dele que vamos conscientizar, porque dos nossos ecossistemas florestais e marinhos são gerados o nosso ar.

Lutar contra a seca e a desertificação, que podem causar danos fatais à vegetação. Devemos lembrar que soltar balões é crime ambiental. E que, apesar de tradicional, pode ser prejudicial.

É preciso se conscientizar para preservar.

Nossa Acadêmicos da Abolição irá pisar forte no chão da Intendente Magalhães, buscando as bençãos da Mãe Natureza, mostrando que ,com o suor de um povo que enriquece nossa terra, podemos reconstruir nosso solo que, outrora, era tão fértil e por culpa de substâncias tão prejudiciais a vida humana, como os agrotóxicos, há o risco de ficarem entristecidos e sem vida, tornando-se pobre e dificultando a plantação e a colheita.

Por isso, vamos lá!

Vamos obedecer às Leis Ambientais, seguir os princípios dos 5R’s Repensar, Reduzir, Recusar, Reutilizar e Reciclar. Pois É PRECISO PRESERVAR.

Autoria e Pesquisa – Departamento Cultural: Vladimir Rocha e Raquel Faria

Carnavalesco: Fábio Henriques


SÍNTESE DOS SETORES

Setor 1: Nossa bela Terra, fonte de recursos naturais, vamos preservar.

Contemplando o belo e enfatizando sua preservação:

• Mostrar o grito de alerta de espécies animais. Lembrando que para cada animal extinto no mundo é um ciclo da vida arrebentado.

• Admirar o poder da Fotossíntese, o encantamento do Sol penetrando as plantas em um dos processos mais importantes da Terra.

• Enaltecer a diversidade vegetal, lembrando que, entre inúmeras árvores, o Ipê Roxo embeleza o ambiente, combate doenças e traz o bem-estar.

• Exaltar a força e o poder de transformação da Mãe Natureza na preservação de elementos vitais, como as límpidas gotas d’água, a terra fértil, o ar puro e o fogo como um forte elemento de purificação.

Setor 2: Preservar é dever previsto na legislação.

Obedecer é fundamental. Se as leis existem vamos segui-las!

• Mostrar que a Lei de Educação Ambiental, por sua vez, tem como foco principal apresentar a melhor maneira para um viver sustentável em que interagir com o meio ambiente sem danificá-lo é essencial.

• Condenamos os criminosos sem lembrar que somos o que fazemos. Se formos cruéis com a natureza, estaremos infringindo as Leis de Crimes Ambientais ou Lei da Natureza e, infelizmente, o meio ambiente receberá as punições e todos nós seremos condenados às condições ambientais adversas.

• Lembrar que o veneno pode estar em nossas mesas e que, infringindo a Lei dos Agrotóxicos, mortes poderão ser causadas.

• Em discordância com as leis, seja por envenenamentos químicos, seja por queimadas, os solos podem se tornar secos, ríspidos e pobres. Por isso, lutemos contra a desertificação e lembremos que soltar balões, principal causa de queimadas, também é crime ambiental!

• Parabenizar os guardas florestais por atuarem com a Lei que estabelece normas gerais sobre a proteção da vegetação, guardando as nossas florestas que possuem tantas riquezas.

• Lembrar que os governantes não podem se omitir no cumprimento da lei que garante o saneamento básico, pois a sua falta traz à população o risco de contrair diversas doenças.

Setor 3: É preciso se conscientizar para preservar.

Os ideais:

• Pensar em reciclar o lixo para ter mais qualidade, menos quantidade, mais cultura, menos material, mais tempo para as crianças, menos tecnologia de diversão, mais carinho, menos presentes que se descartarão.

• Aprender que a natureza usa a energia solar e eólica há milhares de anos e de forma positiva. Temos que desejar que a raça humana aprenda a usá-las em todas suas possibilidades, por serem energias limpas que reduzem o Efeito Estufa e consequentemente o Aquecimento Global.

• Definir estratégias para eliminar os produtos não biodegradáveis, haja vista que tais produtos não proporcionam benefício algum ao ambiente, aumentando o volume de resíduos presentes na superfície do planeta.


• Vamos acabar este Carnaval promovendo a sustentabilidade e modificando nossas formas de sobreviver. Façamos isso, promovendo a boa política dos 5R’s que consiste no ato de repensar, reduzir, recusar, reutilizar e reciclar, pois: É PRECISO PRESERVAR.


REGULAMENTO DO CONCURSO DE SAMBA-ENREDO 2018

1 – A seguir está disposto o regulamento referente ao concurso de Samba-Enredo para o Carnaval 2018 do G.R.E.S. Acadêmicos da Abolição. A obra escolhida representará a escola no Desfile Oficial do Grupo D.

2 – O enredo apresentado tem como título “É Preciso Preservar”.

3 – Para participar do concurso não é obrigatório que o compositor pertença à Ala dos Compositores da agremiação.

4 – As composições apresentadas para inscrição deverão ser inéditas, tanto na parte musical como em seus versos. Não podendo conter plágios, adaptações, entre outros.

5 – O Samba-Enredo deve obrigatoriamente acompanhar a sequência apresentada na Sinopse que estará a disposição a partir do dia 20/05/2017.

6 – A quantidade máxima de compositores por obra será fixada em até 5 (Compositores e Participações Especiais).

7 – Os compositores do Samba-Enredo deverão comparecer nas apresentações, reuniões e eliminatórias.

8 – O não comparecimento do samba concorrente em qualquer fase fará com que a obra seja eliminada.

9 – A direção da escola estará recebendo os sambas concorrentes no dia 20 de junho de 2017 das 19:00 às 22:00.

10 – As inscrições somente serão efetuadas se acompanhadas do seguinte material: a) 5 cópias do Samba-Enredo gravadas em CD; b) 20 cópias impressas com a letra do Samba-Enredo; c) Taxa de Inscrição no valor de R$ 50,00.

11 – Haverá duas explanações do Enredo para os Compositores, sendo uma no dia 25/05 e outra no dia 08/06 no horário de 19:00 às 21:00 horas. SOMENTE NESSAS DATAS E HORÁRIOS!!!

12 – As reuniões obrigatórias serão sempre realizadas nas terças-feiras posteriores às apresentações, com início às 20:00 e com a finalidade de informar as parcerias sobre as regras das fases seguintes.

13 – Caberá às parcerias a responsabilidade de escolha de seu palco (intérpretes e cordas).

14 – As parcerias deverão obedecer a ordem de apresentação que sempre será realizada através de sorteio na quadra às 21:00 horas com a presença obrigatória de pelo menos um (01) compositor de cada parceria.

15 – A quantidade máxima de chamadas para apresentação de cada parceria será de três (03).

16 – Será analisada a empatia do público em todas as fases. Também será levado em consideração o canto das torcidas.

17 – O júri indicado pela escola terá a função de eliminar os sambas concorrentes a cada fase.

18 – O Samba, depois de escolhido, será interpretado pelo cantor oficial da agremiação e seus cantores de apoio.

19 – É proibido o uso de fogos de artifício nas proximidades, redondezas e dentro da quadra.

20 – É proibido o uso de máquinas de papel picado dentro da quadra.

21 – As eliminatórias serão realizadas sempre aos sábados.


AGENDA DA DISPUTA
20/05 – Lançamento do Enredo e Entrega da Sinopse

25/05 – 1ª Reunião de Explanação do Enredo

08/06 – 2º Reunião de Explanação do Enredo

20/06 – Entrega dos Sambas Concorrentes

24/06 – 1ª Eliminatória

27/06 – Reunião com os Compositores dos Sambas Concorrentes

15/07 – 2ª Eliminatória

18/07 – Reunião com os Compositores dos Sambas Semifinalistas

22/07 – Semifinal

25/07 – Reunião com os Compositores dos Sambas Finalistas

29/07 – Final

TELEFONES DE CONTATO

Márcio de Deus – Ala dos Compositores – (21) 99975-5717

Neto Dória – Presidente – (21) 97178-3245

Fotos Jotta Mattos





Nenhum comentário :

Postar um comentário