3 de maio de 2017

Abolição tem novidades para o carnaval 2018

Nenhum comentário :
O Acadêmicos da Abolição  apresentou suas novidades rumo ao carnaval 2018.


Com passagens no Acadêmicos do Cubango, no ano 2000 como decorador de carros alegóricos. Trabalhou na União da Ilha do Governador. " Em 2009 comecei a trabalhar na Mocidade Independente de Padre Miguel, minha escola de coração, como decorador de carros alegórios e fiquei dois anos na escola. Começando a minha vida no mundo carnaval de verdade no ano de 2014 como carnavalesco da Pingo d'Água. Em 2015 fui diretor de carnaval da Unidos de Vila Kennedy. Em 2017 recebi o convite do presidente Neto Dória,para ser o carnavalesco no Acadêmicos da Abolição, mantendo a escola no grupo D e com a missão de subirmos grupo C em 2018, com enredo É PRECISO PRESERVAR."

O presidente Neto Dória decidiu manter Léo Torres, coreógrafo no carnaval 2017, que teve um trabalho bastante elogiado e para atingir as notas máximas no próximo carnaval, reforça o quesito, trazendo o coreógrafo Daniel Ferrão para trabalhar em parceria com o Léo.

Léo Torres e Daniel Ferrão são do Grupo Teatral Loucatores, que já está há 10 anos na estrada, tendo conquistado muitos prêmios, dentro e fora do Rio de janeiro. Os dois começaram juntos os trabalhos em comissões de frente, no ano de 2016, com uma comissão muito elogiada e premiada.

"Eu estou muito feliz com a oportunidade de continuar na Abolição por mais um ano. No carnaval de 2017, conquistamos boas notas e vamos trabalhar para melhorar cada vez mais e atingir os 40 pontos. Agradeço mais uma vez ao presidente pela parceria, posso dizer que a chegada do meu “irmão”, Daniel Ferrão, só irá fortalecer o quesito.", esclarece Léo Torres.

"Trabalhar com o Léo é muito gratificante. Este ano, optamos por trabalhar em dupla nas agremiações onde faremos as comissões e, com certeza, a meta é conquistar a pontuação total do quesito para ajudar na vitória da nossa escola", diz Daniel Ferrão.



Nenhum comentário :

Postar um comentário