26 de junho de 2017

PROSA DO FOLIA: Igor Sorriso, intérprete da Vila Isabel

Nenhum comentário :
"Aí sim meus pretinhos", ao ouvir esse grito de guerra vocês já sabem de quem estamos falando né ? Hoje é dia de conhecer Igor Sorriso, intérprete da Unidos de Vila Isabel. 

Foto: Eduardo Hollanda

Quem é o Igor Sorriso ? 
- Brinco que hoje sou o pai do Inácio e do Isaac. Mas Igor Sorriso é um cara que é muito feliz por conseguir viver fazendo a coisa que sempre amou, que é cantar. Os mais próximos sabem o quanto sou chato, insistente, mas sempre buscando horizontes que penso serem o melhor pra mim e para os meus. Desistir e se acomodar jamais!

Como começou a sua relação com o carnaval ?
- Eu sempre acompanhei Carnaval, desde pequeno. O tempo foi passando, fui ficando velho, e um amigo acabou me convidando para defender um samba dele em uma disputa. Foi ali que tudo começou a ficar mais intenso.

Por quais escolas você já passou e qual ano foi o mais marcante ?
- Nesses anos de cantoria já tive a honra de defender escolas como Mocidade Alegre, São Clemente, Tucuruvi e a querida Mocidade Unida do Santa Marta, entre Rio e São Paulo, e algumas oportunidades incríveis de vivenciar o Carnaval fora de época de outras regiões, como em Uruguaiana, com a Ilha do Marduque, em Porto Alegre e Guaratinguetá... Mas escolher um ano marcante é difícil. Todo Carnaval tem sua peculiaridade, seu gostinho especial. Todos têm uma importância muito grande pra mim.

"Todo Carnaval tem sua peculiaridade, seu gostinho especial"

Foto: Rafael Arantes

Como funciona a sua preparação com a voz ?

- É um trabalho constante, que dura todo o ano. Além de toda a questão de alimentação, hidratação e etc, nós, cantores, precisamos ter um cuidado especial com a saúde vocal e faço um trabalho durante todo o ano de acompanhamento fonoaudiológico justamente para manter esse bem-estar da voz.

Ser intérprete é uma das coisas mais importantes no desfile, para você como um intérprete consegue levantar o público e a comunidade ?
- Levantar o público e a comunidade é uma questão natural. Quando a gente defende uma escola, uma comunidade, a gente precisa criar uma relação, um elo com as pessoas que estão nessa mesma empreitada que você e essa relação acaba gerando uma energia natural. Acho que esse é o grande segredo dessa questão do inflamar a escola.
Foto: Rafael Arantes

Você é intérprete mas samba no pé você tem ?

- Hahaha... Eu arrisco, bem pouquinho, mas arrisco. Vou pedir umas aulas pra minha amiga Dandara e para o Edson lá na Vila para melhorar isso.

Você tem alguma inspiração no samba ?
- Eu tenho a felicidade de poder conviver com alguns caras que eu sempre admirei e acompanhei cantando. Neguinho, Quinho, Wander Pires, Dominguinhos, Nego... São cantores que eu sempre admirei, me inspirei e aplaudi muito quando ainda não vivia o Carnaval desta forma. Hoje poder dividir o mesmo palco que eles é algo incrível.
Foto: Rafael Arantes

O que o carnaval mudou em sua vida ?

- O Carnaval faz parte constante da minha vida. Sempre gostei, sempre participei, hoje é o meu trabalho, onde construí minha família. É parte grandiosa na formação do Igor Sorriso.

Deixe seu recado aos internautas do "Folia do Samba" e aos admiradores do seu trabalho
- Aos amigos do Folia do Samba, fica o agradecimento por todo o trabalho e pela valorização à nossa cultura. Com certeza, o Carnaval precisa sempre ter sua força exaltada e vocês têm papel fundamental nisso. Viva a nossa arte!
Foto: Rafael Arantes

Nenhum comentário :

Postar um comentário