12 de julho de 2017

Pelo terceiro ano consecutivo, UESP participa da Feira Carnavália Sambacon

Nenhum comentário :
Entre os 13 e 15 de julho, a União das Escolas de Samba Paulistanas tem estande na Carnavália 2017 e participa de debates do Encontro Nacional do Samba (Sambacon)



Pelo terceiro ano consecutivo, a UESP (União das Escolas de Samba Paulistanas), vai participar da Feira de Negócios do Carnaval, a Carnavália-Sambacon 2017, o maior evento do gênero com foco na geração de negócios e discussão dos impactos do carnaval brasileiro na economia. O evento realizado de 13 a 15 de julho (quinta a sábado), no Rio de Janeiro (Centro de Convenções Sulamérica (Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova). 

"Tivemos de correr para viabilizar a participação da UESP no evento. Felizmente, deu tudo certo e, mais uma vez, estaremos presentes na Carnavália-Sambacon 2017, que reúne a indústria criativa do carnaval brasileiro", afirma Alexandre Magno, o Nenê, presidente da UESP, que destaca a importância do evento, principalmente neste momento de crise. "A troca de ideias e de informações, além da possibilidade de geração de novos negócios, é imprescindível em períodos como esse em que buscamos alternativas e parcerias."


Além do estande institucional da UESP na Carnavália, o presidente da entidade, Alexandre Magno, o Nenê, e o ex-presidente Kaxitu Ricardo Campos, participarão de mesas de debates da quarta edição do Encontro Nacional do Samba (Sambacon). A presença dos gestores e representantes das Ligas e de entidades que organizam o Carnaval por todo o Brasil, como a UESP, consolida o evento e ratifica as oportunidades de contratação e negócios. As palestras e discussões promovidas no Sambacon sempre atraem um público interessado e participativo no intuito de fazer crescer o maior espetáculo do País.

Sucesso nas edições anteriores, este ano será mantido o Mural de Oportunidades, uma excelente chance para os profissionais de diversos segmentos fazerem contato para mostrar seus trabalhos em diversas praças do País. A expectativa dos organizadores é superar os números da terceira edição, quando alcançou um público de 12 mil pessoas nos três dias de realização, com uma média de R$15 milhões em geração de negócios.  

Uma das novidades desta edição é a Exposição de fotografias “Múltiplos Olhares”. Cerca de 20 profissionais que atuam na cobertura do Carnaval de Rua e do Sambódromo terão suas imagens impressas em material 100% reciclado de garrafas PET, inovação do Studio Alfa que usou oito garrafas para cada impressão. O encontro de culturas também será uma das tônicas da 4ª edição da Carnavália-Sambacon. O Ylê Aiyê, da Bahia, e Garantido e Caprichoso, de Parintins, farão uma apresentação especial durante o evento encontrando-se com as baterias das duas escolas campeãs do Carnaval. 

Mais informações: www.carnavalia.net ou (21) 3197-3391. 

Sobre a UESP – Fundada em 1973, a União das Escolas de Samba Paulistanas é responsável por organizar os desfiles das escolas de samba dos grupos 1, 2, 3 e 4 e dos blocos carnavalescos. A UESP mantém, desde 1999, em sua sede no bairro da Bela Vista, o Centro de Documentação e Memória do Samba (CDMS), criado para preservação dos livros, documentos, revistas e CDs, que conta com um acervo de quase 200 mil documentos sobre a história do samba de São Paulo. A entidade também desenvolve projetos culturais como a Memória do Samba e a Embaixada do Samba Paulistano, formada por baluartes do carnaval paulistano. Mais informações: www.uesp.com.br


Nenhum comentário :

Postar um comentário