11 de setembro de 2017

PROSA DO FOLIA: Elaine Azevedo, rainha de bateria da Estácio de Sá

Nenhum comentário :
Ela é jornalista, faz parte do programa "Os donos da bola" e está de volta ao carnaval onde reinará na bateria "Medalha De Ouro". Hoje no Prosa do Folia ela já deu uma pista sobre sua fantasia para 2018. Tá na hora de conhecer mais de Elaine Azevedo, rainha de bateria da Estácio de Sá.
Foto: Divulgação

Quem é a Elaine Azevedo?
- Bom, sou uma pessoa completamente organizada com tudo: trabalho, contas para pagar, roupas no guarda roupa, anoto tudo na agenda sobre os eventos que tenho que comparecer, dizem que essa caraterísticas é por ser virginiana. Sou muito família, faço questão de levar meus pais e melhores amigos para onde eu for. Quero ter as pessoas que me amam e me apoiam sempre do meu ladinho. Sou muito amiga das pessoas, abro com facilidade meu coração e acabo falando demais meus projetos, isso às vezes não é bom quando contamos para pessoas que não torcem para nosso bem.  Sou animada, alegre, muito independente, resolvo quase tudo sozinha e ando muito focada na minha vida profissional. Amo ser jornalista e estou muito realizada por estar trabalhando com a equipe do Edilson Silva, no Programa OS DONOS DA BOLA, ao vivo de segunda a sexta, na BAND. Sou muito sincera, não tenho "papas na língua", falo realmente o que penso, doa a quem doer!
Como começou a sua relação com o carnaval ?
-  Há 10 anos atrás, quando tinha 25 aninhos, queria muito desfilar e foi quando eu fui conhecer a quadra da Estácio de Sá. E logo de cara, pedi para ser Rainha de Bateria para o presidente que ocupava o cargo naquela época e o Leziário era Vice Presidente. Como fui indicada por uma pessoa muito influente do Carnaval, consegui realizar meu desejo de desfilar como RAINHA e nem tinha noção do quanto era tão desejado por muitas mulheres estar à frente da bateria. Na época eu não trabalhava ainda na televisão, fazia jornalismo mas não estava na mídia. Então fiquei encantada e ao mesmo tempo impressionada com a popularidade de estar ali representando a Escola, o quanto era importante ser uma RAINHA. Adorei a experiência e foi isso que me fez voltar!
Por quais escolas você já passou ?
- Em 2007 fui Rainha de bateria da Estácio de Sá, e depois desfilei 3 anos como musa do Salgueiro, 2008, 2009 e 2010. Depois fiquei noiva e fui morar em Goiânia, me afastei do carnaval durante esse tempo todo e este ano resolvi voltar.
Foto: Alex Sandro Gardel 

Como começou a sua relação com a Estácio de Sá?
- Na verdade, antes de 2007 eu só conhecia a Quadra da Mocidade e do Salgueiro. Nunca tinha ido na quadra da Estácio de Sá. Fui apresentada em 2007 ao presidente daquela época e logo de primeira, entrei para a Escola.
Como veio o convite para retornar a agremiação ?
- Serginho do Porto é muito meu amigo e como este ano ele voltou para Estácio de Sá como intérprete, ele veio juntamente com o Leziário me convidar para assumir o lugar de RAINHA DE BATERIA. Pensei bastante, conversei com a direção da BAND, emissora a qual eu trabalho há 3 anos e eles também me apoiaram, daí resolvi aceitar o convite.
Foto: Filho do Rei

Como é a sua preparação para o carnaval ?
-  Na alimentação nada mudou: sempre cuidei muito do meu corpo, como muitas verduras e proteínas, corto um pouco dos carboidratos a noite. Bebo bastante água e mantenho uma malhação regular com instruções do meu Personal Sandro Abreu, na academia Rio Sport Center.  Tenho uma assessora que é meu braço direito, Flavia Costa, ela me ajuda a resolver as roupas que vou usar nos eventos, o maquiador, organiza o local da festa, programa os trabalhos e parcerias. Me ajuda muito com a imprensa e além de ser uma grande amiga. Faço aulas de samba para ficar mais solta e me dar também mais confiança. E tem também os tratamentos que eu não largo: carboxiterapia e drenagem linfática toda semana.
O que você pode adiantar do seu carnaval 2018 ?
- Fiquei sabendo que minha fantasia será toda em dourado, adoro essa cor do OURO.
Você tem alguma inspiração no samba ?
- O que me encanta nesse meio do samba são as passistas, acho fantástico elas começarem desde pequenas a sambar, já nascem com samba na veia. Isso me inspira a fazer aulas de samba com elas para aprender bem essa dança que nasceu nos morros do Rio de Janeiro e como sou carioca, tenho que arrasar também.
Foto: Paulo Edu

O que o carnaval mudou em sua vida ?
- Carnaval é uma festa que abre muitas portas. Passei a conhecer outro meio de pessoas, outros empresários que investem nesse evento é isso me fez criar projetos para minha vida como jornalista. Então o Carnaval só me fez crescer como profissional.
Deixe seu recado aos internautas do "Folia do Samba" e aos admiradores do seu trabalho.

- Quero agradecer todo o carinho que venho recebendo do público, da comunidade da Estácio de Sá. Sempre respondo a todos que entram no meu Instagram: @elaineazevedo09 e quero mandar um grande beijo para meus parceiros jornalistas do FOLIA DO SAMBA. Estamos Juntos e vamos arrasar nesse carnaval 2018 💋

Nenhum comentário :

Postar um comentário