23 de outubro de 2017

'Papo Reto com Tiago Linck' - Abre a porteira que a Dragões chegou

Nenhum comentário :
 Música que inspira, que fala do meu cotidiano, que faz eu ganhar fama sem perder minhas raízes, assim a Dragões da Real entra tocando a Galopeira no Anhembi para falar de música de um povo feliz que está nas suas veias a essência da música.
Foto: Pera Dragões da Real

Minha raiz está na simplicidade, levantar cedo, por aquela lenha no fugão, moiá meus tempero, que são os cheiros da mata, a prosa do nosso dia a dia,a viola: nossa parceira nos modão.

Chamada de música rural ou do campo, as músicas caipiras saíram das festas religiosas e foram ganhar o mundo. Nela o simples homem do campo expressa seus sentimentos, do seu cotidiano e de seus atos corriqueiros.traduzindo a singularidade de um povo caipira, a música retrata o habítat, o som que faz aflorar seus sentimentos.

Ganhando espaços nesse mundão sem fronteiras, a música caipira vem carregando histórias e fazendo sucesso por onde passa, seja na tv, no rádio ou cinema.

Jamais as melodias carregadas de tanto sentimento, frutos de  verdadeiros prazeres caipiras conquistariam o país e esse mundo. Lembrar das violas em palcos tecnológicos, meus causos vividos,me deixa como os zóio cheio de lágrimas.

Deixarei meu berrante ecoar nessa passarela da folia para que todos sintam abraçadas pela nossa música.
                                                          " eu sou caipira, pira pora sim sinhô

                                                            venho de longe pra mostra o meu valor"


Nenhum comentário :

Postar um comentário