9 de outubro de 2017

PROSA DO FOLIA: Alana Couto, segunda porta bandeira da Viradouro

Nenhum comentário :
Hoje é dia de conhecer a trajetória de Alana Couto, 2º porta bandeira da Unidos do Viradouro

Quem é a Alana Couto ?
- Alana Couto é uma pessoa muito decidida, determinada, que luta pelo que acredita e está sempre disposta a ajudar. Uma apaixonada pelo carnaval que vê nele uma oportunidade de realizar sonhos, ser mais feliz e encantar a todos no maior espetáculo da terra fazendo o que ama. Estudante de farmácia da Universidade Federal Fluminense, escolhi a área da saúde como forma de ajudar a sociedade em um dos fatores primordiais para uma melhor qualidade de vida.
Como começou a sua relação com o carnaval ?
-Conheci o carnaval através da minha família que também é completamente apaixonada. Acompanhava minha mãe ao longo do ano nos ensaios da Acadêmicos do Cubango até ter idade para desfilar na Ala Mirim da escola. De lá pra cá a paixão só aumentou e hoje não consigo ficar longe desse grande amor.
Por quais escolas você já passou e qual ano foi o mais marcante ?
-Considero-me em início de carreira e que ainda preciso de muita experiência para galgar caminhos mais longos e tão esperados. Passei por algumas escolas do carnaval de Niterói, como Unidos do Castro e Souza Soares. No carnaval do Rio permaneci 2 anos na Acadêmicos do Cubango, chegando esse ano na Unidos do Vidadouro. Estou indo para o terceiro carnaval como primeira porta-bandeira da Arame de Ricardo. Além de desfilar em outras cidades como Guapimirim, pela Gaviões da Iconha. O ano mais marcante sem dúvida foi o de 2016, onde desfilei pela primeira vez na Marquês de Sapucaí defendendo um pavilhão, pela Acadêmicos do Cubango com o enredo "Um banho de mar a fantasia".

Como veio o convite para a Viradouro ?
-O convite para a Viradouro veio através do presidente de honra, Marcelo Calil, a quem sou muito grata pela oportunidade. Trabalhamos juntos na Cubango e devido a um convite tão inesperado e de grande importância para mim, hoje tenho a honra de estar em uma escola tão vitoriosa, com uma diretoria fantástica que não mede esforços para trabalhar em prol do campeonato.
Como é sua relação com seu mestre sala ?
- Como muitos já sabem, eu e o Roberto temos uma parceria fora do carnaval, o que facilita muito as coisas. Temos uma ótima relação e como mestre-sala e porta-bandeira não seria diferente, ainda que a gente separe bem a vida pessoal da profissional. Temos hoje uma parceria muito sólida e isso tem nos ajudado a evoluir como casal, buscando sempre o melhor para a nossa dança, juntamente com a Maria Celeste, que trabalha conosco a parte técnica.

Você tem alguma inspiração no samba ?
-Como toda porta-bandeira, Selminha Sorriso é espelho para todas as meninas que, ainda pequenas sonham em bailar e defender um pavilhão. Além dela sempre fui muito fã do Cisne da Passarela, Vilma Nascimento, a quem sou muito grata por todos os conselhos dados até hoje.
O que o carnaval mudou em sua vida ?
-O carnaval me fez acreditar que se você trabalhar e se dedicar nenhum sonho é apenas um sonho. Sempre existirão obstáculos, mas nenhum é impossível de se ultrapassado. Todos os seus sonhos podem ser reais se você acreditar neles!
Deixe seu recado aos internautas do "Folia do Samba" e aos admiradores do seu trabalho

-Acreditem nos seus sonhos e lute por eles. Ainda que tentem te desencorajar, sempre acredite. A determinação move montanhas!

Nenhum comentário :

Postar um comentário