31 de dezembro de 2017

Mestres Sala e porta bandeiras revelam superstições para a hora da virada

Nenhum comentário :
Chega o dia 31 de Dezembro e todos já se preparam, roupa branca, pular as sete ondas meia noite, etc..São as famosas superstições. Superstição é uma espécie de crendice popular que não possui explicação científica. São criadas pelo povo e costuma passar de geração para geração. O FOLIA DO SAMBA traz na sua última matéria do ano mestres sala e porta bandeiras que revelam suas superstições e manias para a hora da virada do ano.


Rute Alves, 1ª porta bandeira da Viradouro
"Sou uma pessoa muito supersticiosa, uma coisa que aprendi desde crianças com as minhas irmãs é a roupa, não uso nada escuro, sempre clara, e eu não escolho a cor também, sempre vejo uma que eu goste e tem que ser tudo novo, energia nova. Não como nada de porco e frango. Na contagem regressiva gosto de ficar quietinha pedindo a Deus, a Ogum, a minha mãe Iansã, Santo Expedito, Escrava Anastácia que proteja minha família, meus amigos, as pessoas a meu redor. Eu como lentilha, guardo os 7 caroços de uvas e se me ensinarem mais alguma coisa eu faço também kk"

Everson Sena, 1º mestre sala da Vila Maria
"Eu tenho mania de rezar um pai nosso na virada do no e agradecer muitooo a Deus por tudo até aquele momento e canalizar todas as energias boas para um ano seguinte ser abençoado e próspero. Estando na praia pulo as sete ondas também nunca é de mais rs"


Adriana Gomes, 1ª porta bandeira da Mancha Verde
"Gosto de dar uma boa limpeza na casa, um banho de água e sal para tirar as coisas ruins do ano anterior, como não passo a virada em casa, faço isso para quando voltar esteja com a energia boa. Sempre estou com uma roupa nova, nem sempre com a mesma cor, esse ano escolhi a verde pois quero saúde. A parte íntima sempre nova, mas ainda não escolhi a cor rsrsrsrs. Na praia eu não costumo pular as ondas pois acredito que todos estão ali descarregando as energias , deixo para ir lá pelo dia 2 que todo mundo já resolveu, Iemanjá já devolveu tudo que tinha que devolver rsrs. Acendo uma vela para meu anjo da guarda, peço a Deus e aos Orixás um ano de luz, paz e prosperidade."


Cley Ferreira, 1º mestre sala da Independente Tricolor
"Quem não tem aquela coisa na cabeça de passar de branco ir a praia e pular as sete ondas né. Eu tenho comigo que todo ano é prosperidade,  entrar em um  ano bem positivo, roupas de cores alegres como azul bebe, rosa, verde, branca, colorida pois o que deixa a vida colorida deixa tudo mais fácil. Também não costumo beber durante o dia 31 para entrar o novo ano muito bem."


Cyntia Santos, 1ª porta bandeira da Porto da Pedra
"Eu sempre entro o ano de amarelo para chamar dinheiro, fartura e a lingerie rosa porque não posso esquecer do amor rs"

Nenhum comentário :

Postar um comentário