'Papo Reto com Tiago Linck' - A Grande Rio é o cassino do Chacrinha - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Anuncio Aqui

'Papo Reto com Tiago Linck' - A Grande Rio é o cassino do Chacrinha

Compartilhar
As buzinas de Caruaru não saíam da minha cabeça e esse som nunca mais haveria de esquecer.

Dizem que sou um fenômeno e louco.Se ser louco é ser feliz, então sou completamente maluco pelo que eu fiz. Mexi com os bastidores da TV, provoquei verdadeira bagunça no ar. Desconstrói o que estava chato, a mesma mesmice de sempre.Sentia que a televisão precisava ganhar vida.Fiz, mas não segui roteiros prontos, nem ensaios. As ideias surgiam na minha mente do improviso rápido jogava na TV e a confusão se formava, não gostava de “seguir o certinho”, a alegria vinha imediatamente dessas criações repentinas.


Deixe-me me falar um pouco antes, o sucesso veio na TV depois, antes fui ganhando espaço no rádio.Dali saiu a Chacrinha o local que apresentei meu programa, descrevia até as roupas que meus convidados estavam. Não sabia do sucesso, aliás inocente era eu até entender de fato como funcionava essa questão toda.Florinda é quem cuidava e anotava tudo até mesmo as críticas que precisava serem feitas e até mesmo quando elogiava.

Percorri um longo caminho até chegar a TV, fui com a cara e a coragem de um Nordestino. Na TV, o palco se transformava, eu dava vida a ele, era um palhaço, fazia de tudo em cena.Calouros ganhavam espaços, tinha de tudo naqueles palcos por onde pisei.O público tinha grandes números para ver de casa e os que estavam na plateia. Meu palco era minha vida, nele fui feliz com a arte de criar bordões que logo conquistou a quem me assistia, e dei oportunidades a quem merecia.

Volta para me Nordeste, não posso esquecer de minhas raízes, aliás ele nunca saiu de mim.Trabalhei no armarinho de meu pai e na pensão com minha mãe.Fiz medicina , mas não me formei.Fui as viagens pelo mundo, mas a guerra me fez retornar.

A luz de Recife me inspirou e foi onde tudo começou. Vou ouvindo o frevo e anunciando:Roda, Roda, Roda e avisa: Sou o rei da alegria que veio para alegrar a multidão.

A saudade é enorme, e imensa, as emoções eu confesso, não consigo guarda-lás. Esse gênio vanguardista na TV que causou “tumultos” dos bons, hoje é apresentado pela TV Grande Rio que nos apresenta o Velho Guerreiro onde viveremos o Chacrinha, o Abelardo, a Tropicália, o Cassino, as Chacretes, tudo que nele se permitiu criar e inventar.

Crio e não copio, uso seu bordão ao contrário para falar de você Chacrinha nessa
homenagem que vem sendo preparada. O público te aplaudirá de pé, antes digo que você vai para o trono, o troféu abacaxi é seu pois lhe pertence por direito, e merece mais que ele. Eterno nos nossos corações ficará você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post