Império de Casa Verde, Mocidade Alegre e Dragões da Real se destacam na segunda noite de desfiles - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Anuncio Aqui

Império de Casa Verde, Mocidade Alegre e Dragões da Real se destacam na segunda noite de desfiles

Compartilhar
Mais sete escolas passaram pela pista do Anhembi na segunda noite de desfiles em busca do título de campeã do carnaval de São Paulo.
Império de Casa Verde / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Com um desfile bem humorado, a X9 Paulistana abriu a noite falando sobre os ditados populares. Um desfile de fácil leitura nas fantasias e nas alegorias. A rainha de bateria Juju Salimeni incorporou o tema do enredo com a fantasia "Tô com o diabo no corpo".

X9 Paulistana / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Indo para a rua como dizia o samba, o Império de Casa Verde trouxe os temas da atualidade inspirada na revolução francesa. A comissão de frente e o primeiro casal foram os destaques do desfile empolgante da agremiação além do Tigre guerreiro que veio no alto da última alegoria.
Império de Casa Verde / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Não deixando o samba morrer, a Mocidade Alegre preparou uma grande homenagem a cantora Alcione. Desde o início do samba nos morros e vielas até seus grandes sucessos e claro falando da verde e rosa Mangueira do Rio de Janeiro. Além da empolgação a bateria Ritmo Puro trouxe uma coreografia levantando a arquibancada.
Alcione / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Mais um artista brasileiro recebeu homenagem no carnaval paulista. Gilberto Gil teve todo o seu trabalho, carreira e vida contada no Anhembi pela Vai-Vai. Empolgado com a homenagem da escola, o cantor veio vestido de Filho de Gandhi com um apito enaltecendo o público presente.
Vai Vai / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba


A tribo alvinegra invadiu o carnaval, os Gaviões da Fiel trouxeram a história da cidade de Guarulhos baseada na lenda Guarus. A agremiação apresentou alguns problemas em fantasias podendo comprometer na avaliação dos julgadores.
Gaviões da Fiel / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Misturando o samba com a música caipira, a Dragões da Real contou a história desse povo que sai a luta em busca do sucesso. Nomes como Roberta Miranda e Sérgio Reis abrilhantaram o desfile empolgante e caipira da agremiação.
Dragões da Real / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba

Fechando o grupo de elite de São Paulo, a Vila Maria contou sobre o México baseado no olhar de Roberto Bolaños. Um desfile alegre e animador que já passou pelos seus momentos de tensão no início, a saia da Porta bandeira Lais Moreira caiu assim que entrou na pista. De short, a porta bandeira seguiu porém com o segundo pavilhão. O segundo casal assumiu a responsabilidade de trazer as notas da escola.
Vila Maria / Foto: Alex Sandro Gardel - Folia do Samba



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post