21 de março de 2018

Nino do Milênio retorna a Inocentes de Belford Roxo

Nenhum comentário :
O grito de guerra "essa parte que me emociona", do intérprete vice-campeão do Carnaval Carioca, Nino do Milênio volta a ser ouvido na escola Tricolor de Belford Roxo. O cantor anunciou no Programa Vai dar samba, do comunicador Miro Ribeiro, que assinou essa semana seu contrato com a Inocentes.

-" Tudo aconteceu muito rápido primeiro o desligamento de Anderson Paz e Ricardinho Guimarães, profissionais de alto nível e que fizeram um trabalho exemplar este ano, por isso só tenho que agradecê-los.  Em seguida a saída de Nino da Tuiuti. Acredito que nada acontece por acaso. Desejo boas vindas ao meu novo cantor e vamos buscar o título" - disse, o presidente Reginaldo Gomes.

Muito contente por estar retornando a sua escola de origem o intérprete, dono de estilo próprio e voz peculiar, tem como ídolo o ex intérprete da Caprichosos de Pilares, Jackson Martins.  Prometeu total dedicação ao seu trabalho e falou sobre a sua trajetória. 

- " Não tenho palavras para descrever a emoção por estar mais um ano na escola que me lançou e me faz sentir-se realizado como artista. No último carnaval fui um dos intérpretes da Paraíso do Tuiuti, no Grupo Especial uma grande experiência mesmo dividindo o microfone com mais dois cantores. Agora mais uma vez tenho a oportunidade de mostrar meu talento como protagonista, no Acesso.


O presidente Reginaldo sempre falou que só me liberaria da escola se fosse para o Especial e logo que terminou meu acordo com a antiga escola, mesmo recebendo convites de outras agremiações me sentir na obrigação de procurá-lo, pois soube que Anderson Paz e Ricardinho não continuariam. 

Tudo começou em 2007, quando cheguei à Inocentes com apenas dezoito anos, para disputa como compositor. Logo fui convidado para ser apoio no carro de som da escola. Em 2008 e 2009 continuei assim, até que no carnaval de 2010 tornei-me intérprete oficial. Eu ainda era novo, mas o Reginaldo quis me dar essa chance. Infelizmente, acabei saindo da escola no ano seguinte e fui para o Arranco, onde cantei em 2011 e 2012. Passei depois pelo Cabuçu, Unidos de Bangu e, no carnaval de 2015, retornei à Inocentes, podendo dar continuidade ao trabalho que havia sido interrompido, defendendo o samba em homenagem a Nelson Sargento. No ano seguinte tive a missão de cantar a obra em homenagem a Cacá Diegues. No último desfile cantando na Paraíso do Tuiuti fui vice-campeão do Carnaval.

Sempre digo a todos que Reginaldo é um pai que Deus colocou no meu caminho, acredita e sempre olha por mim. Não posso esquecer do meu irmão Rodrigo Gomes que sempre me apoiou em toda minha trajetória. Isso me incentiva a fazer cada vez mais pela Inocentes. Para 2019, meu objetivo é levar minha escola querida para a Elite das Escolas de Samba, com minha voz e balançar a Sapucaí, quando soltar meu grito de guerra" - declarou o intérprete da Inocentes de Belford Roxo, Nino do Milênio.

A Inocentes de Belford Roxo classificou-se em quarto lugar, no Grupo de Acesso, no último carnaval com o enredo "Mojú, Magé, Mojúbà - Sinfonias e batuques".

Nenhum comentário :

Postar um comentário