25 de abril de 2018

Abolição renova com intérprete Raphael Krek

Nenhum comentário :
De uma família de sambistas, Raphael Krek começou sua trajetória no samba cedo. Sua avó é baluarte do Acadêmicos do Engenho da Rainha e sua tia avó uma das fundadoras da Caprichosos de Pilares.

Passou de ritmista a cantor nos blocos de Pilares, até que em 2012 ingressou o carro de som do Paraíso do Tuiuti, de lá pra cá teve passagens pelo Império da Tijuca, Unidos do Cabuçu, Engenho da Rainha, Difícil é o nome, Castelo Imperial (Carnaval de Macaé), Unidos de Cosmos, Arranco do Engenho de Dentro e Unidos da Ponte, escola a qual está retornando esse ano ao carro de som. 


Pelo quarto ano consecutivo, Rafael Krek vai defender o pavilhão verde e branco na Intendente Magalhães.

"Pra mim é muito gratificante dar seguimento ao trabalho na escola que aprendi a gostar, pois estou indo para o meu quinto ano, sendo 4 deles como intérprete oficial. Muito obrigado ao presidente Neto Dória pela confiança e a todos os seguimentos pela forma a qual sou tratado, com certeza é maravilhoso adentrar a quadra e sentir o carinho de vocês.Vamos com tudo, 2019 é logo ali e o Acadêmicos da Abolição virá mais forte do que nunca. É disso que eu tô falando!"

Nenhum comentário :

Postar um comentário