23 de abril de 2018

Sob nova direção: Keko e Marcelo assumem oficialmente a Baterilha nesta segunda-feira

Um comentário :
A festa de São Jorge na quadra da União da Ilha terá uma sabor oficial para Marcelo e Keko. Crias da tricolor insulana, os meninos cresceram e conquistaram a sonhada vaga no comando da Baterilha, como é chamado o segmento da escola, e serão apresentados oficialmente à comunidade durante a celebração em homenagem ao Santo Guerreiro.
- Estou na União da Ilha desde menino e confesso que, mesmo tendo experiência, não durmo direito desde que soube que estaria no comando com o Marcelo. É muita responsabilidade liderar um time que já teve mestres do peso de Odilon, Paulão, Riquinho, Thiago Diogo e Ciça, mas tudo acontece no momento certo e a gente vai trabalhar muito para mostrar que aprendemos lições valiosas com eles, diz Jefferson Araújo, de 35 anos, mais conhecido como Keko.
 Keko chegou à Ilha ainda menino. Vindo de uma família de músicos, o profissional tem no repique a sua paixão.

- Sou percussionista, toco muitos instrumentos, mas o repique é o meu xodó. Como ritmista, fui o primeiro repique da União, antes de me tornar diretor, diz Keko que toca com artistas como Dudu Nobre, Jorge aragão entre outros bambas.
Junto com ele na missão de conquistar os 40 pontos para a Baterilha em 2019, está o amigo Marcelo. Integrante do segmento há 15 anos, ele espera que todos esses anos  de bateria contribuam para que o time de ritmistas possa manter o nível deste ano, quando conquistaram inúmeros prêmios sob o comando de Ciça.
- Sou União da Ilha desde a barriga da minha mãe. Ela desfilou como ritmista, meu pai foi diretor, e a bateria é minha paixão. Ao longo deste tempo, a gente trabalhou com mestres que nos ensinaram que dedicação, respeito e comprometimento levam ao sucesso, diz o profissional que tem no surdo de 3ª, sua especialidade.
Apesar da apresentação acontecer nesta segunda, 23, os mestres já iniciaram o trabalho rumo ao Carnaval 2019.
- Nosso maior desafio é manter o trabalho que o Ciça nos deixou porque ele fez tudo e a gente só precisa manter. Lógico que, aos poucos, vamos imprimir nossa cara, nosso jeito, mas tudo vai ser feito com calma para manter a qualidade. Chegamos ao topo com muito trabalho e agora o desafio será nos manter com as notas máximas, por isso a gente não relaxou e já começamos a trabalhar, diz Marcelo.
A dupla também já está realizando as inscrições para a oficina de percussão da tricolor, que inicia em maio, além de já estar ensaiando com os ritmistas semanalmente.
- Não queremos perder nenhum minuto e a certeza de que os torcedores da União podem ter é de que vamos trabalhar muito duro para ajudar nossa escola a brilhar na Sapucaí. Vamos que vamos porque o Carnaval é logo ali, diz Keko.

Um comentário :

  1. Parabéns mestre keko,lembro de vc com 11anos ainda mau dava pra carregar o repique,mas te desejo Boa sorte e que vcs tragam os 40 pontos e ainda de quebra o estandarte de ouro!rsrs...(ritmista Grajaú).

    ResponderExcluir