'Eu vi Deus, ela é Negra' é o enredo do Parque Curicica para 2019 - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

'Eu vi Deus, ela é Negra' é o enredo do Parque Curicica para 2019

Compartilhar
Eu Vi Deus, ela é negra! é uma grande homenagem a todas as mulheres negras das periferias do Brasil. Vamos narrar a história das mulheres que desde o início da nossa história são discriminadas por serem mulheres, negras e pobres.

Essas mulheres persistem na luta por liberdade, igualdade social, paz, reconhecimento e representatividade.

Eu vi Deus, ela é negra! Ela nasceu abençoada por Deus e pelos Orixás. Ela é símbolo de existência e religiosidade.

Eu vi Deus, ela é negra! Divinamente seu ventre gerou um filho, que com violência lhe foi retirado e enterrado por uma sociedade que crucifica a cor da sua pele.



Eu vi Deus, ela é negra! Ela queria a liberdade, correu nas matas e no asfalto. Ela sofre na pele o preço do enfrentamento. 

Eu Vi Deus, ela é negra! Ela é voz e presença frente aos seus opressores. Ela é resistência!

Eu vi Deus, ela é negra! Ela luta por justiça e direitos iguais entre homens e mulheres. Ela quer igualdade racial e social.

Eu vi Deus e ela é negra!  Ela rompe preconceitos, vai além dos padrões e convenções. Ela segue resistindo para existir.

Eu vi Deus, ela é negra! Ela faz a arte imitar a vida. Ela conta a sua história.

Eu vi Deus, ela é negra! Ela é Oxum chorando em seus rios. Ela é Iemanjá, a sereia do mar. Ela é Nanã, a dona da sabedoria. Ela é Iansã, segura essa ventania.


O enredo será desenvolvido pelo carnavalesco Wagner Gonçalves.

A União do Parque Curicica será a quinta escola a desfilar na terça-feira de Carnaval na Passarela Popular da Intendente Magalhães, pela Série B. Em 2018, a agremiação ficou com o segundo lugar quase retornando à Sapucaí. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post