9 de julho de 2018

Nelson Sargento, Criolo, Monarco e Tia Surica emocionam público em feijoada histórica na Portela

Nenhum comentário :
Evento teve bolo surpresa para bamba mangueirense, canja de Teresa Cristina e presença de diversos famosos 

A Feijoada da Família Portelense reuniu Criolo, Nelson Sargento e a Velha Guarda Show da Portela em uma apresentação histórica, no último sábado (7), na quadra da escola, em Madureira. Presidente de honra da Mangueira, Nelson, que completa 94 anos no dia 25 de julho, ganhou bolo surpresa da diretoria da Portela e se emocionou ao receber os abraços de Tia Surica e Monarco, presidente de honra da Portela.

Pela primeira vez na quadra da maior campeã do carnaval carioca, Criolo, que sairá em turnê com Nelson Sargento nos próximos meses, também se emocionou com o carinho do público. Após brindar a multidão com alguns de seus sucessos, ele recebeu chapéu personalizado da escola das mãos do presidente Luis Carlos Magalhães. Em seguida, ajoelhou-se e beijou a mão de Monarco.

"Criolo é um grande artista. Respeita a gente e sabe respeitar o samba. Fico feliz de poder ver um jovem talento como ele", elogiou mestre Monarco. "É uma emoção muito grande cantar na Portela, ainda mais na companhia do seu Nelson Sargento. Obrigado a todos pela recepção", disse Criolo, que voltará a cantar com a Velha Guarda no dia 17 de agosto, em São Paulo, em show liderado por Paulinho da Viola.

A cantora portelense Teresa Cristina, que estava num dos camarotes, não aguentou e fez questão de participar da homenagem ao bamba mangueirense durante o clássico "Juízo Final", de Nelson Cavaquinho, para o delírio da plateia.


O evento contou, ainda, com as presenças ilustres da atriz Samantha Schmütz, do repórter Amin Khader, do coreógrafo Carlinhos de Jesus, da rainha de bateria da Portela, Bianca Monteiro, e de integrantes da escola Unidos do Jacarezinho, que fizeram uma homenagem ao baluarte e ex-mestre-sala Jeronymo da Portela.

No clima do enredo de 2019 da escola, que exalta Clara Nunes, a porta-bandeira Lucinha Nobre surpreendeu o público com uma caracterização inspirada na cantora e arrancou aplausos durante exibição com o mestre-sala Marlon Lamar.

A Portela também recebeu uma comitiva da cidade de Caetanópolis (MG), onde nasceu Clara Nunes, com o prefeito Romário Vicente Alves Ferreira e a secretária de Desenvolvimento Municipal, Cultura e Esportes Marilene Araújo.

"Vivemos uma noite histórica! Receber Nelson Sargento, Criolo, Teresa Cristina e tantas outras figuras importantes em nossa quadra só reafirmam a importância da Feijoada da Família Portelense. Ver Monarco, Tia Surica e toda a nossa Velha Guarda tão felizes com o carinho do público também é sempre muito muito emocionante", comemorou o presidente Luis Carlos Magalhães.

A bateria Tabajara do Samba, o intérprete Gilsinho e os demais segmentos encerraram a programação com sambas-enredo que marcaram a história da Portela.

CRÉDITO DAS FOTOS: Wallace Mendonça / Divulgação







Nenhum comentário :

Postar um comentário