PAPO RETO COM TIAGO LINCK - Ecoa meu samba, no alto da Serra - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

PAPO RETO COM TIAGO LINCK - Ecoa meu samba, no alto da Serra

Compartilhar

UNIDOS DE VILA ISABEL 2019
ENREDO: "EM NOME DO PAI, DO FILHO E DOS SANTOS - A VILA CANTA A CIDADE DE PEDRO"
Foto: Eduardo Hollanda

Canta minha Vila! O samba pede passagem para eu resgatar essa história que vem de lá e que vai ganhar toda uma reverência. Petrópolis, a cidade de Pedro.

Rufem os tambores, repiquem os tamborins e a Vila vem transformar a cidade Imperial que agradou Pedro trazendo toda a corte para ali se instalarem.

Herança da Princesa Isabel, seu legado, a Coroa Imperial fincada no pavilhão da Vila Isabel. Terra onde passou sua vida e seu corpo descansa ali, não precisa pertencer ao tempo, o tempo que bate na bateria lacrimeja os olhos de contar essa história.

São Pedro, que derrama suas lágrimas para lavar a alma dos sambistas e lustrar com seu encanto sagrado na avenida, a força de quem dá o suor  para por sua escola na avenida.

A cidade Imperial como é conhecida transformada por Pedro de Alcântara na Capital do Império do Brasil.Dom Pedro II passou quarenta verões lá. O palácio Imperial construído é uma das atrações mais visitadas pelos turistas, hoje transformado em Museu Imperial. Os ideias, toda sua história mora lá em Petrópolis.

Seus primeiros habitantes os chamados “Índios Coroados”, e a descoberta do Ouro nas Minas Gerais é  o caminho do ouro que  foi aberto servindo Petrópolis de caminho para as Minas Gerais e a região passou a ser habitada por não índios.

O tempo passa e caminha rápido demais, sempre em frente, a cidade Imperial que do alto da Serra, mas cá embaixo o encontro da gratidão será reverenciado.

A Vila que carrega abençoada seu nome, o canto desse povo vai ecoar e alto para contar essa cidade fascinante, Versalhes de um Império abrasileirado. Cidade divina, bordada no puro metal, histórias de um povo que se apaixonou e se fundou ali.

O futuro não lhe falta por ali pelo seu desenvolvimento proveniente pela pulsação do avanços. Façam dessa Cidade Imperial, herdeiros de Isabel, um canto de fazer  brilhar a tradição da Vila, que Pedro padroeiro não deixaram seus filhos na mão.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post