PROSA DO FOLIA: Laryssa Victoria, 2ª porta bandeira da Estácio de Sá - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

PROSA DO FOLIA: Laryssa Victoria, 2ª porta bandeira da Estácio de Sá

Compartilhar
Com apenas 15 anos ela defende o segundo pavilhão do Berço do Samba. Sua família é ligada ao mundo do samba então ela não teve como correr. Hoje o prosa do folia é com Laryssa Victória, 2ª porta bandeira da Estácio de Sá.
Foto: Léo Cordeiro

Quem é a Laryssa Victoria ?
- A Laryssa é uma adolescente de 15 anos que sem está com o Pavilhão é tímida demais, gosta de ficar quieta, mas quando dança, quer que todos que estão a sua volta sinta o mesmo que ela, tenta transmitir algo que vai além da alma.

Como começou o envolvimento com o carnaval ?
- A família da parte da minha mãe é toda ligada ao samba, não tive como correr rs. Desde pequena frequentava a G.R.E.S Imperatriz Leopoldinense e lá aprendi a amar o carnaval!


Por quais agremiações você já participou ?
- Em 2015 assumi o cargo de segunda porta-bandeira no G.R.E.S Boca de Siri e no ano de 2016 fui a primeira da agremiação. Em 2017 fui convidada para ser porta-bandeira da G.R.E.S.M Tijuquinha do Borel e nesse mesmo ano entrei na G.R.E.S Estácio de Sá.

Como veio o convite para ser porta bandeira da Estácio de Sá ?
- Foi através do concurso para 3° casal da agremiação. Quando estava na semifinal do concurso anunciaram a notícia que a 2° porta-bandeira que exercia o cargo estava grávida e então na depois da final poderiam escolher uma substituta para o carnaval de 2017. Quase uma semana depois da final o ex-diretor de Carnaval Marcão me ligou fazendo o convite. Em 2018 por decisão da presidência permaneci no cargo e estou confirmada para o carnaval de 2019.

Como é a relação com seu mestre sala ?
- Ahh parece que fomos irmãos em vidas passadas. É uma cumplicidade, lealdade surreal que sou grata demais por isso. Nos entendemos pelo olhar, respeitamos um ao outro procurando sempre dar o nosso melhor para a agremiação. Já faz parte da minha família! O amo como se fosse meu irmão mais velho!!!

Você tem alguma inspiração no samba ?
- Meus padrinhos Phelipe Lemos e Rafaela Theodoro. Uma pessoa que também admiro muito é o mestre-sala Thiaguinho Mendonça e a porta-bandeira Viviane Martins que é minha professora no projeto Minueto do Samba.

Como funciona a sua preparação para a folia ?
- As segundas temos ensaio com a comunidade, as terças ensaio com o meu mestre-sala, as quartas com a nossa coreógrafa Ariadne Lax. Mas quando chega dezembro que a Sapucaí fica aberta para o ensaio dos casais, passamos a ensaiar lá.  A preparação física também é com a Ariadne fazendo funcional, eu e meu mestre-sala fazemos acadêmia para dar mais resistência e força. Também fazemos uma alimentação mais saudável para que tudo dê certo no dia do desfile.

Qual a mudança que o carnaval fez na sua vida ?
- Eu entrei nesse mundo muito nova e então tive que ter uma responsabilidade muito grande pra uma menina de 12 anos, sempre busquei amadurecer e isso aconteceu quando entrei na Estácio, não foi fácil assumir o cargo de segunda porta-bandeira do Berço do samba com 14 anos, tenho responsabilidade de uma adulta então sempre mantive a postura, apesar da pouca idade eu quis mostrar que não estava ali por brincadeira.

O que o carnaval significa para você em apenas uma palavra ?
- Realização

Aquele recado especial da Laryssa Victória para os internautas do Folia do Samba e amantes do seu trabalho
- Primeiramente agradecer a todos do Folia do Samba por me convidarem a contar um pouco da minha história no samba.  A todos os internautas e amantes do meu trabalho, obrigada pelo carinho, foi um prazer compartilhar esses momentos com vocês! Obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post