Vila Santa Tereza supera crise com mutirão e fantasias estão em fase de conclusão - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Vila Santa Tereza supera crise com mutirão e fantasias estão em fase de conclusão

Compartilhar
Diretoria, segmentos e comunidade se juntam na quadra da escola para adiantar trabalhos

Colocar uma escola de samba para desfilar nunca foi uma tarefa fácil. Em tempos de crise, a missão se torna ainda mais complicada, mas a Unidos da Vila Santa Tereza tem buscado na união de sua comunidade a força extra para concluir os trabalhos e fazer bonito na Intendente Magalhães em 2019.

- Temos uma comunidade muito forte. Posso afirmar que a nossa maior virtude é a união do nosso povo, que abraça a escola quando ela mais precisa. Por isso dizemos sempre que somos a Família Tereziana e isso nos faz fortes - contou a presidente Patrícia Drummond.


Durante os últimos dois meses, todos os segmentos da escola tem se juntado em mutirão para, de fato, construírem o carnaval da escola. Rainha, intérpretes, casal de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, musas, diretores, todos colocando a mão na massa para cortar, colar e costurar fantasias.

- Nosso carnaval está bem adiantado, mesmo com toda dificuldade. Conseguimos bastante doações, outras coisas fizemos rifas para conseguir dinheiro e assim a gente vai concluindo os trabalhos, que nossa meta é finalizar todas as alas até o próximo dia 15, para cuidarmos exclusivamente do nosso carro - destacou, Caaio Araújo, um dos diretores de carnaval da escola.

A Unidos da Vila Santa Tereza vai levar para a avenida o enredo 'Sob um Olhar Negro: Valongo, a História de um Cais'. A Águia de Rocha Miranda será a 10ª escola a desfilar na segunda-feira de carnaval na Intendente Magalhães pelo Grupo C da Liesb em 2019.

Um comentário:

Anuncio No Post