Pê Santana é o novo intérprete da X9 Paulistana - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Pê Santana é o novo intérprete da X9 Paulistana

Compartilhar
Após anunciars sua renovação como diretor de carnaval para 2020, Pê Santana assume o microfone oficial da X-9 Paulistana para o próximo carnaval.

Sua trajetória como cantor começou em 1997 na co-irmã Combinados de Sapopemba, recebendo o prêmio de melhor intérprete do grupo.

Pê Santana passou por grandes escolas de samba como a Acadêmicos do Tucuruvi, Unidos de Vila Maria, Sociedade Rosas de Ouro e a Colorado do Brás, sendo o segundo cantor.


Já na Unidos de São Lucas, Camisa 12 e Estação Envernada, desfilou como intérprete oficial conquistando diversos prêmios.

Na co-irmã Independente Tricolor assumiu o microfone oficial e também foi diretor de carnaval, levando nos anos de 2012, 2013 e 2014 o prêmio de melhor intérprete.

Além de intérprete, Pê Santana também é compositor de samba-enredo e pela X-9 Paulistana já ganhou dois memoráveis sambas, o do carnaval de 2002  sobre o Papel, "Vem me dar um beijo, amor... Com a X-9 vou sambar a vida inteira..." e de 2011 sobre o Renato Aragão, "O da poltrona, levanta aí... Entra na roda e vem se divertir... Como é doce ser criança, com a X-9 e a turma do Didi!". No mesmo ano, ganhou na Estação Primeira de Mangueira no Rio de Janeiro o samba que homenageava Nelson Cavaquinho, "Mangueira é nação é comunidade... Minha festa teu samba ninguém vai calar... Sou teu filho fiel, Estação Primeira...", sendo o único samba a receber nota 50 naquele ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post