BELDADES DA AVENIDA: Giovana Angélica, Rainha de Bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel

Nascida e criada em Padre Miguel e Bangu, ela virá à frente dos ritmistas da "Não Existe Mais Quente" no Carnaval 2020. Hoje no "Beldades da Avenida", Giovana Angélica, Rainha de Bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel.

Sua relação com o carnaval começou ainda pequena. Ainda criança já gostava de sambar, dançar, pulava carnaval em blocos infantis pelo bairro. Sempre teve a Mocidade como um referência e orgulho da região.
Foto: Mário Farache/ Palmer Assessoria de Comunicação

"Devido às circunstâncias da vida eu não estava inserida nos ensaios da Escola. Muito cedo eu comecei a trabalhar para ajudar em casa, depois tive filho... eu era aquela que me divertia na quadra, nos ensaios de rua.Depois de um determinado tempo minha vida mudou e eu pude me tornar mais uma integrante da Verde e Branco de Padre Miguel."

A Turismóloga desfilou pela primeira vez na agremiação em 2016, como composição de carro no enredo sobre Dom Quixote. Apaixonada pela escola, Giovana possui uma ligação antes mesmo de nascer. "Tenho o ano em que eu nasci, em 1985, como o marcante. O Samba Ziriguidum. Amo de paixão. Eu brinco que já sambava ali na barriga da minha mãe. Toda vez que escuto esse samba eu me arrepio. Não sei explicar."
Foto: Mário Farache/ Palmer Assessoria de Comunicação

Para manter o pique e corpo para avenida, Giovana possui uma preparação a todo vapor. Acompanhamento nutricional, Boxe, aula de ritmos e os ensaios da escola, é claro. "Desde que cheguei, em dezembro, estou indo a todos os ensaios, não falto. Acho importante eu estar em perfeita sintonia com a bateria, com os demais segmentos da Escola, com a minha comunidade."


A fantasia da majestade é surpresa, mas já está pronta e trancada a sete chaves. Apenas uma revelação: sexy sem vulgaridade, tem requinte e luxo, à altura da bateria nota 40. No dia do desfile, fica sossegada e tranquila. A meditação e oração a acompanham para as coisas acontecerem da melhor maneira.  
Foto: Mário Farache/ Palmer Assessoria de Comunicação
A Majestade possui inspirações como todos no carnaval, mas não é apenas no samba no pé, mas também na experiências dos baluartes da nossa folia. "Carnaval é um celeiro de bambas. Eu tenho inúmeras inspirações, tanto do sexo feminino quanto do sexo masculino. Eu sou fã do Vô Macumba, da Tia Nilda, da Camila Silva, da Evelyn Bastos, da Bianca Monteiro. Cada um deles me ensina algo."

A Mocidade Independente de Padre Miguel será a 5ª escola a desfilar na Segunda-feira, pelo Grupo Especial, com o enredo "Elza Deusa Soares"

Nenhum comentário

RESPONSIVE ADS HERE
Tecnologia do Blogger.