PROSA DO FOLIA: Joice Cristina, porta bandeira do Camisa Verde e Branco - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

PROSA DO FOLIA: Joice Cristina, porta bandeira do Camisa Verde e Branco

Compartilhar
E quem abre a temporada de 2019 do Prosa do Folia é a defensora do pavilhão do Trevo da Barra Funda. Hoje é dia de Joice Cristina, porta bandeira do Camisa Verde e Branco


Quem é a Joice Cristina?
- A Joice é uma pessoa que procura fazer tudo que se dispõe com muito amor, dedicação, determinação. Tenho uma fé muito grande na Santíssima Trindade (Deus, Jesus, Espírito Santo), creio que não cai uma folha de uma árvore se não for com a permissão de Deus. Analiso as situações antes de tomar uma decisão para evitar arrependimentos. Vejo que a vida é ímpar, temos que viver fazendo aquilo que gostamos, pois, um dia tudo acaba. Se eu colocar na cabeça que quero algo, ou fazer algo, não desisto até conseguir. Procuro fazer o bem, sem saber a quem, sem esperar nada de ninguém. Sou cirurgiã dentista, casada, mãe de uma linda adolescente (primeira rainha infantil do carnaval de SP).

Como começou o envolvimento com o carnaval?
- Minha família sempre foi envolvida no carnaval, meu pai, já foi chefe de ala, harmonia, diretor de harmonia. Porém ele não deixava nós (eu e minha irmã Jessica) desfilarmos (risos). Quando namorava meu marido Leonardo, os irmãos dele e ele já eram mestre-sala e porta-bandeira. O Ednei (presidente da Amesp), estava na minha sogra e me viu, disse para eu dançar com o Leo, eu morrendo de vergonha nunca tinha dançado na vida, muito tímida, sai rodando. Aí ele disse: ela leva jeito. Ele (Ednei) foi me preparando junto com meu marido, tivemos um grande desafio, que foi desfilar com o pavilhão oficial da Barroca Zona Sul. Graças a Deus, alcançamos o sucesso com a nota máxima. E de lá para cá, estou aí até hoje (risos).

Por quais agremiações você já participou?
- Barroca Zona Sul, Nenê de Vila Matilde, Colorado do Brás, Mancha Verde (quando estava na Uesp), Nove de Julho (Bragança Paulista), Camisa Verde e Branco.


Como veio o convite para ser porta bandeira do Camisa Verde e Branco?
- O Camisa é uma paixão antiga (risos). Na minha primeira fase, o mestre Gabi, apresentou eu e meu marido para a diretoria da escola que na época eram a Magali dos Santos a Simone Tobias. Foi um casamento que durou de 2004 até 2012.Quando foi o ano passado (2017) eu tinha saído da Nenê, estava tranquila em casa, pensando em virar missionária da igreja, quando a Magali dos Santos, me chama e pergunta se eu aceitaria ostentar o pavilhão oficial do Camisa ,com meu mestre-sala dançava comigo na Nenê,  que era o Vinicius Henrique. (Meu marido não queria saber mais de dançar, a vida dele agora é compor (risos) inclusive ele é um dos compositores do samba do Camisa 2019, 2006,2008). Claro meu coração quase saiu pela boca, entrei em contato com meu mestre-sala, ficamos mega felizes e topamos o desafio, conseguimos concluir o trabalho com sucesso trazendo a nota máxima para nossa escola, evitando o rebaixamento da mesma. Ele precisou sair por situações pessoais.

Como é a relação com seu mestre sala?
- Gabriel foi um anjo que Deus enviou. Quando dançamos pela primeira vez juntos, a impressão é que já dançávamos antes. Estamos trabalhando desde maio, fortemente.


Como é ter a responsabilidade de defender um quesito composto apenas de duas pessoas?
- É muita responsabilidade, porém com muita cumplicidade com o parceiro e uma equipe bem preparada, o trabalho flui positivamente.

Você tem alguma inspiração no samba?
- Logo que comecei a dançar tinha a Vivi, que era porta bandeira oficial do Camisa, minha cunhada Fabiola, que na época era porta bandeira do Vai-Vai, inclusive aprendi muitas coisas com ela. 

Como funciona a sua preparação para a folia?
- Então, eu não gosto de fazer exercícios físicos, porém é necessário (risos). Hoje treinamos na academia Fabrik Sports com a Camila Veronez e Ângela de Paula, para fortalecer os músculos. E a parte técnica da dança fica com a Daniela Renzo, que é nossa apresentadora e a Laís Moreira (porta bandeira da Vila Maria). Nossa alimentação também é alterada.


Qual a mudança que o carnaval fez na sua vida?
- Deu um giro de 360°, porque depois da escolha do samba enredo eu fico sem vida social, os ensaios se intensificam, é uma loucura. Só quem é do carnaval entende. Mas eu amo isso, revigora minhas energias, esqueço dos problemas e qualquer chateação. 

O que o carnaval significa para você em apenas uma palavra?
- Desafio. Porque todo ano temos que nos reinventarmos e vencermos os desafios que ele nos proporciona.

Aquele recado especial da Joice Cristina para os internautas do Folia do Samba e amantes do carnaval 
-Acreditem no potencial e no dom que Deus deu para vocês. Sem determinação não há vitória, persistam e realizem com muita felicidade esse desafio chamado carnaval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post