A realidade do Carnaval Virtual - Netto Gomes - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

A realidade do Carnaval Virtual - Netto Gomes

Compartilhar

Por Delson Dantas

Olá amigos leitores!

Nossa coluna inicia entrevistando Walter Gomes, mais conhecido como Netto. Ele participa do Carnaval Virtual desde 2009, sendo carnavalesco da GRESV Flor de Lótus por oito carnavais ao lado de Guilherme Lima, atualmente Netto é carnavalesco da GRESV Morro do Esplendor, além de presidente da GRESV Mocidade, desde sua fundação. Assumiu a presidência da Liga Carnaval Virtual de forma interina após a renúncia de Gustavo Wilman, logo ao fim do Carnaval 2018 e foi aclamado presidente, de fato, após votação de forma unânime.

Nosso entrevistado já havia desempenhado outras funções na Liga Carnaval Virtual, sendo Diretor artístico no ano de 2017 e Diretor administrativo em 2018.

Com certeza Netto tem muita experiência no que se trata ao mundo do Carnaval Virtual, e esse foi um dos fatores determinantes para que ele fosse escolhido para a Estréia da coluna. Desde já, em nome do Site Folia do Samba, agradeço a participação de nosso entrevistado.


E agora, vamos à entrevista!


Delson Dantas: O que é o Carnaval Virtual?

Netto Gomes: O termo “carnaval virtual” é apresentado através de um grupo de amigos capitaneado por Miguel Paul, no ano de 2003, que teve a ideia de colocar os desfiles de escolas de samba através da tela do computador, com os desenhos e sambas de enredo feitos por eles mesmos. Uma maneira de matar a saudade do carnaval no meio do ano, e, além disso, colocar em prática algumas das ideias e projetos que as vezes lhes eram negadas ou mesmo inacessíveis nos barracões criativos do Carnaval Real.

Com o tempo, os projetos foram se tornando cada vez mais complexos e ganhando mais simpatizantes. Com isso, ferramentas surgiram, talentos se tornaram realidade para as agremiações reais oriundos desses projetos de desfiles virtuais. As gravações dos sambas se profissionalizaram, desenhos cada vez mais recheados de detalhes, enredos mais pesquisados, até que os desfiles das agremiações de samba virtuais se tornaram um laboratório e berço de talentos para o mundo do samba, espalhados pelo país.

Nesse contexto, o Carnaval Virtual surge para semear ainda mais as ideias originais, com seriedade e profissionalismo; utilizando e potencializando a capacidade dos desfiles virtuais no que tange á visibilidade, experiência, experimentação de novas ferramentas de interação e fábrica de talentos para a nossa cultura.



Delson Dantas: Qual o principal objetivo do Carnaval Virtual?

Netto Gomes: A marca Carnaval Virtual tende a servir como uma forma contemporânea de perpetuar o carnaval brasileiro, sem as fronteiras físicas,
levando a identidade cultural do Carnaval das Escolas de Samba para onde a Internet puder levar!


Delson Dantas: Algum profissional do Carnaval Virtual chegou a fazer parte do Carnaval Real devido a visibilidade de seu trabalho apresentado na Internet? Pode nos citar alguns?

Netto Gomes: Sim, os casos são inúmeros. Atualmente no último levantamento que fizemos foi constatado que mais de 70% dos carnavalescos das escolas do Grupo Especial estão trabalhando com o carnaval real em algum aspecto, seja como ilustrador, seja como carnavalesco de fato, ou como auxiliar de carnavalesco. Acredito que o maior caso de sucesso do Carnaval Virtual seja o Jorge Silveira que iniciou os trabalhos com o carnaval virtual em 2011, e atualmente é carnavalesco da São Clemente, outro caso de sucesso é Guilherme Estevão que começou no carnaval virtual por volta de 2009/2010 e atualmente é carnavalesco da Império da Tijuca.


Delson Dantas: Você acha que o Carnaval Virtual atualmente pode ser considerado como uma vitrine e que as escolas reais irão cada vez mais buscar profissionais através desse projeto?

Netto Gomes: Sim, as escolas reais deram nesses últimos anos oportunidade a novos talentos, e muitos desses passaram pelo Carnaval Virtual. Existe uma demanda muito grande no carnaval real de ilustradores, praticamente todos os carnavalescos possuem um ilustrador para lhe auxiliar na construção do desfile. E é inegável que o carnaval virtual é uma excelente vitrine de talentos, pois é nele que os postulantes a carnavalescos constroem seus portfólios.





Delson Dantas: O que uma pessoa precisa para Criar sua própria Escola Virtual e Também para se candidatar a cargos em Escolas Virtuais já existentes?

Netto Gomes: Basicamente apenas força de vontade. A estrutura básica de uma escola se compõe em 3 funções: Presidente, Carnavalesco e Intérprete (obviamente algumas agremiações possuem alguns outros cargos como vice-presidente, enredista, diretor musical, diretor artístico, etc.). Essas 3 funções básicas podem ser desenvolvidas pela mesma pessoa, ou ser efetuada por uma equipe (o mais aconselhável). Após a definição dos membros da equipe, basta definir um nome, criar um pavilhão e definir o enredo.
A construção de um desfile é mais complexa do que parece, e envolve etapas que ocupam alguns meses do ano. Para uma agremiação nova as etapas de construção seriam a seguinte:
- Definição da Equipe (presidente, carnavalesco e intérprete);
- Construção da sinopse;
- Definição do Samba de enredo;
- Gravação do Samba de enredo para o CD do carnaval Virtual;
- Execução dos desenhos;
- Construção do Organograma Oficial (equivalente ao livro abre-alas do carnaval real)
- Montagem do áudio com o samba para o desfile
- Montagem do desfile no site do Carnaval Virtual.

Essas etapas são executadas normalmente entre Janeiro e Agosto para agremiações novatas, as escolas já pertencentes ao quadro oficial do Carnaval Virtual já iniciam seus trabalhos logo após a apuração.


Delson Dantas: Deixe um recado aos nossos leitores que ainda não conhecem o Carnaval Virtual.

Netto Gomes: Primeiramente dizer que somos muito gratos pelo espaço cedido no site para divulgarmos nossos trabalhos, o projeto Carnaval Virtual não possui fins lucrativos, então tudo que fazemos é por amor ao carnaval, e todo apoio é recebido com grande felicidade.
Aproveito para convidar a todos que não conhecem o Carnaval Virtual a nos prestigiar nos seguindo nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/carnavalvirtualoficial/
Instagram: @carnavalvirtual_oficial


Os desfiles das escolas de samba virtuais de 2019 acontecerão nas seguintes datas:
Grupo de Acesso: 23/08/2019, 24/08/2019 e 25/08/2019 (se necessário)
Grupo Especial: 30/08/2019 e 31/08/2019


As inscrições para novas agremiações serão abertas logo após a apuração que será em meados de Setembro/2019, convido a todos interessados a se inscreverem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post