Renascer escolhe princesa para o Carnaval 2020 - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Renascer escolhe princesa para o Carnaval 2020

Compartilhar
Patricia Pytanga já foi passista do Carnaval carioca
Acostumada a apresentar beldades em seus desfiles na Marquês de Sapucaí, a Renascer de Jacarepaguá terá uma princesa em 2020. Patrícia Pytanga, a nova majestade da escola da zona oeste, vai brilhar à frente de uma das alegorias da agremiação que falará sobre as rezadeiras no Carnaval.
Para quem pensa que Patricia não tem intimidade com a folia, ledo engano. A loira já desfilou sua beleza e  ginga na Passarela do Samba nos anos 2000, época em que curtiu o brilho dos holofotes ao ser eleita como sósia de Carla Perez, então dançarina do É o Tchan.
- Foi uma época maravilhosa da minha vida e eu confesso que a fama era algo que me seduzia. Mas, ao mesmo tempo em que aproveitei muito, também me decepcionei bastante e resolvi mudar os rumos da minha vida. Além de tudo, acredito que tudo tem seu tempo e minha volta ao Carnaval aconteceu da maneira que eu menos imaginava, confessa a empresária dona de uma clínica de estética em Jacarepaguá. 

A convite de Tatiana Mello, Bella Pytanga, como gosta de ser chamada visitou a quadra da escola e se apaixonou. Responsável pelos cuidados estéticos da rainha de bateria Dandara Oliveira, a beleza madura da loira acabou motivando sua participação no desfile do ano que vem.
- A gente começou a cuidar da estética corporal da Dandara e surgiu o convite para a apresentação dela. Quando pisei na quadra, me senti tão bem que me animei com a ideia de desfilar. Logo eu, que nem cogitava mais participar de escolas de samba, vesti a camisa e vou ajudar no que puder a defender as cores da Renascer. Coincidência ou não, o pavilhão da nossa escola tem as mesmas cores da minha clínica, ou seja, estava escrito, comenta Pytanga.
Em 2020 a Renascer será a sexta escola a desfilar pela Série A do Carnaval carioca no primeiro dia de desfiles da Lierj. A escola apresentará o enredo “Eu que te benzo, Deus que te cura”, que fala sobre a tradição das rezadeiras, para disputar o campeonato do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post