Layne Ribeiro é a nova segunda porta-bandeira da Unidos de Bangu - FOLIA DO SAMBA

Anuncio No Post

Layne Ribeiro é a nova segunda porta-bandeira da Unidos de Bangu

Compartilhar

Ela dançará ao lado de Diego Moreira, que vai para o seu terceiro ano na escola

A Unidos de Bangu tem uma nova condutora para o seu segundo pavilhão. Após defender a Unidos de Lucas na última Série B, Layne Ribeiro é a nova segunda-porta bandeira da mais antiga escola da Zona Oeste. Ela, que formará par com o mestre-sala Diego Moreira, não escondeu a animação na chegada a agremiação.

- Estou lisonjeada com o convite para defender a primeira escola da região. A Unidos de Bangu é uma das mais antigas escolas do Brasil, tem tradição e estar aqui é motivo de orgulho. Chego com o ânimo renovado, confiante e extremamente contente. Já fui bem recebida e trabalho não faltará para realizar um grande desfile - declara.


Experiente, Layne foi por cinco anos a segunda porta-bandeira da Mocidade Independente de Padre Miguel, sendo a última a vencer o concurso para o cargo. Em sua trajetória no carnaval, ela também passou por escolas como Império da Tijuca, Lins Imperial, Unidos da Ponte, Acadêmicos de Vigário Geral, Acadêmicos do Dendê, Unidos das Vargens, além da Unidos de Lucas, por onde obteve notas máximas por dois anos seguidos.

Em 2020, a Unidos de Bangu levará para a Marquês de Sapucaí o enredo "Memórias de um Griô: a diáspora africana numa idade nada moderna e muito menos contemporânea". A escola será a terceira escola a desfilar no sábado de carnaval, dia 22 de fevereiro, pela Série A.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post