Tradição renova com os intérpretes Celino Dias e Lico Monteiro

A Tradição iniciou seus trabalhos rumo ao Carnaval 2021 e acaba de renovar com os intérpretes oficiais Celino Dias e Lico Monteiro. A dupla, que já teve passagem pela escola em diversos carnavais, esteve à frente do carro de som no desfile deste ano, onde a azul e branco conquistou o título da Série B, da liga Livres, e carimbou seu retorno à Marquês de Sapucaí. Feliz em poder contar com os intérpretes, a presidente Raphaela Nascimento adiantou que mais novidades estão por vir para consolidar a chegada da Tradição à Série A do Carnaval carioca.


"Estou muito feliz com a possibilidade de darmos continuidade ao trabalho que recomeçamos, eu e Lico, no ano passado. Já estivemos juntos em outras agremiações. É um prazer estar em uma escola de samba onde somos queridos, as coisas funcionam muito bem e são levadas a sério, apesar de todas as dificuldades que existem no acesso. Muito bom trabalhar com a Raphaela Nascimento, que é uma pessoal incrível, guerreira e muito apaixonada pela Tradição. Estou feliz em estar na escola, defender o pavilhão mais um ano e contribuir com essa excelente administração. Tenho uma gratidão imensa pela escola, pois em 2000, 2001 e 2002 estava à frente do microfone oficial em carnavais marcantes, com destaque pelo antológico desfile em homenagem ao comunicador Silvio Santos. Então, estar de volta à Tradição e comemorar o título este ano, me deixou muito entusiasmado, além disso, certamente com o projeto que a escola tem e o enredo maravilhoso sobre Clarice Lispector, a tendência é de evoluir para um grande desfile em seu retorno à Sapucaí. Espero que todos voltem à escola para fazermos um grande Carnaval", salientou Celino Dias.

"Em tantos momentos da minha vida profissional, tive a honra de cantar, desde meu grito de guerra até os versos finais, sobre o orgulho que a Tradição causa em cada componente. Seja qual fosse o dia, eu tinha uma certeza: eu nunca estaria cantando sozinho. Hoje eu escrevo para fazer diferente: dizer o quanto me orgulho de ter meu canto carregado por vozes embargadas, corpos extasiados: almas em festa numa só comunhão. Desde que pisei na Tradição  pela primeira vez como intérprete, eu soube que ganhava uma nova família. E sabe como é família, né?  A gente pode passar o tempo que for distante, mas existirá sempre uma força que nos une independente da circunstância. Foi na tua batucada que eu me reencontrei, meu condor. Essa família não seria a mesma sem a força do comando de uma grande chefe: Raphaela Nascimento, muito obrigado por me trazer ao meu lugar. No meio de tanta gente querida, sempre esteve ao meu lado um grande irmão. Foi com ele que eu dividi o segredo da felicidade, daquela que faz o coração sacudir o peito. Celino Dias, estaremos juntos mais uma vez em 2021, para sermos vozes de uma história que fala por si só. A Tradição é feito Clarice, autobiográfica. "Isto sim é a Tradição...Um beijo no seu coração!", declarou Lico Monteiro.