Conheça o samba-enredo da Unidos da Ponte em homenagem à Santa Dulce

 


Optando por não realizar disputa de samba-enredo para o próximo carnaval, a Unidos da Ponte divulgou nesta quinta-feira a obra que embalará o enredo "Santa Dulce dos Pobres - O Anjo bom da Bahia", desenvolvido pelos carnavalescos Guilherme Diniz e Rodrigo Marques, que retornam à agremiação.

O hino oficial, da azul e branca de São João de Meriti, foi composto por Sandra de Sá, Diego Nicolau, Dudu Senna, Deodonio, Richard Valença, Renan Diniz, Márcio de Deus e Telmo Motta. A agremiação tem a missão de levar a história da Santa Dulce para Marquês de Sapucaí no próximo carnaval e, mesmo sem data, já deu o pontapé inicial para o seu desfile.

Me senti honrado em poder transmitir através deste samba toda mensagem que a Santa Dulce nos deixou e que a nossa escola quer passar na avenida. Tanto a letra quanto a melodias possuem mensagens de paz e esperança, o que precisamos muito neste momento e que será entoado em toda a Marquês de Sapucaí - revelou o intérprete Daniel Collete.

Para seu desfile, ainda sem data no carnaval, a escola aposta na história da religiosa nascida em Salvador, na Bahia, que dedicou sua vida à caridade e assistência aos pobres necessitados, sendo mais tarde canonizada, recebendo o título de Santa Dulce dos Pobres.

Compositores: Sandra de Sá, Diego Nicolau,Dudu Senna, Deodonio, Richard Valença, Renan Diniz, Márcio de Deus, Telmo Motta.



Na cura da alma, um manto azul
A "Ponte" entre o divino e a devoção
A fé,  mulher
Fez da bondade, tua peregrinação
E pé ante pé, nos trilhos da paz
Em oração bradou a caridade
Unir tantos elos, a nobre missão
E no olhar, a serenidade
Me cobre em teu manto, Enxuga meu pranto
A bênção, Senhora de São Salvador

Estenda a mão pra acalentar os filhos teus
Tudo é possível aos olhos de Deus
Oh! minha pequena, rogai por nós
E seja voz daqueles que não tem voz


E vai
Percorrer o destino que vai espalhar o bem
Mesmo no desatino quem vai te levar além
É aquela coragem que te fez singular
E onde houver dor traga a cura
No dissabor seja candura
Luz dos herdeiros julgados nas bênçãos da fé
A fé, sempre a tua bandeira
Colo de mãe brasileira
Bem-aventurada
Nessa prece Imaculada

Anjo de amor, luz que me guia
Santa Dulce dos Pobres, Maria!
Em nome do pai, na Cruz do perdão
Nos dê sua proteção

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.