PROSA DO FOLIA: Juliana Frathane, Coreógrafa da Comissão de Frente da Inocentes de Belford Roxo

 Ela fez a sua estreia na Sapucaí em 2020 comandando o quesito que abre o desfile de uma escola de samba. Hoje o Prosa do Folia é com Juliana Frathane, Coreógrafa da Comissão de Frente da Inocentes de Belford Roxo.


Quem é a Juliana Frathane?

- Bom...meu dia a dia é bem corrido, trabalho em duas academias aqui da Baixada, na M.A Studio de Dança e na Escola de dança Andrea Victorino. Tento sempre me manter atualizada, também faço aulas de dança regularmente, cursos e workshops. Como qualquer pessoa tenho minhas tarefas domésticas e cuido da minha filha de quatro patas que é MUITO levada por sinal rs.. Eu sou uma pessoa muito tranquila, caseira, família, então nas minhas folgas gosto de fazer um programa caseiro com meu marido ou visitar minha família que é muito unida e minha base de tudo.


Como começou o envolvimento com o carnaval? 

- Sempre amei carnaval, desfilei pela primeira vez em 2007 no Porto da Pedra em uma ala coreografada. 2007, 2008, 2015 e 2016 participei como bailarina na comissão de frente da Inocentes, com a coreógrafa Vívian Borges. 2009 e 2010 fui destaque do abre alas da Inocentes. 2011, 2012, 2013, 2014, 2017, 2018 e 2019 desfilei na diretoria da Inocentes. Nunca deixei de desfilar pela agremiação. Rs. E 2020 realizei o meu maior sonho, pisar na Sapucaí como coreógrafa da comissão de frente da Inocentes. 


Por quais agremiações você já participou?

- Porto da Pedra, União da Ilha do Governador e Inocentes de Belford Roxo 


Como veio o convite para a Inocentes de Belford Roxo? 

- Pelo presidente Reginaldo Gomes e o assessor de imprensa da escola, Avelino Ribeiro, que sempre acompanharam o meu trabalho. Tenho gratidão eterna por eles. 


Você é coreógrafa, mas o samba no pé, você tem? 

- Sim, sou coreógrafa, professora e bailarina. Rs. 


Na sua visão qual a principal função da comissão de frente em uma escola de samba? 

- A comissão tem a função de apresentar a escola, com isso vem o peso de trazer um trabalho digno e bonito. Pela comissão já vemos se o desfile vai levantar o público e agradar as pessoas ou não. 


Você tem alguma inspiração no samba? 

- Minha eterna estrela que hoje mora no céu, Vívian Borges. Foi e sempre será minha inspiração, como ser humano e como uma grande e incrível profissional que era. 


Como funciona a sua preparação para a folia? 

Tento manter o foco na minha concentração. Tento me alimentar corretamente, beber muito líquido e exigir o mesmo dos meus bailarinos. E o tempo todo conversando com Deus. 


Qual a mudança que o carnaval fez na sua vida? 

- Não existe nada mais gratificante do que ver seu trabalho sendo valorizado e respeitado acima de tudo, mesmo com obstáculos, dificuldades durante o processo. Ter esse reconhecimento não tem preço. Porque tudo que faço é com muita dedicação, força, muito estudo e principalmente amor. Mas o mais importante é terminar um desfile com a sensação de dever cumprido. 


O que o carnaval significa para você em apenas uma palavra? 

- Essa é difícil. Mas acho que é amor. O amor pelo carnaval é inexplicável. Gosto da correria, até mesmo dos estresses, rs. Porque sei que no final tudo vale a pena. Não é nada fácil colocar uma escola inteira na avenida, então tem que ter muito AMOR. 


Aquele recado especial da Juliana para os internautas do Folia do Samba e amantes do seu trabalho. 

- Viva o nosso Samba, nosso carnaval, nossa arte, nossa tradição e a nossa dança.  Que Deus abençoe a todos e estou mega ansiosa pra ver todo mundo no próximo carnaval. Muita saúde, luz e esperança pra todos nós.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.